26 de mai de 2016

Lave o nariz todos os dias e aproveite estes sete benefícios

Prática previne doenças respiratórias e melhora até dores de cabeça: 
O hábito traz tantas vantagens à saúde que deveria ser uma regra tão comum quanto escovar os dentes todos os dias. Lavar o nariz com soro fisiológico não só ajuda a limpá-lo de impurezas e secreção como  combate mal-estar e doenças de ouvido ou garganta. O ideal é utilizar o soro comprado pronto na farmácia com a ajuda de um aplicador (parecido com um conta-gotas), mas também é possível fazer uma mistura caseira em casos de emergência: um litro de água que tenha sido fervida com, aproximadamente, uma colher de chá de sal.
Descubra sete benefícios que essa prática traz à sua saúde, apontados pelos otorrinolaringologistas José Antonio Pinto, do Hospital São Camilo, e Rodolfo Scalia, da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF).Mais conforto em dias de tempo seco - Foto: Getty Images

Mais conforto em dias de tempo seco

Quando o ar está seco, as narinas ficam muito ressecadas - ainda mais em ambientes poluídos ou com ar-condicionado. Lavar o nariz ajuda a hidratá-lo e evitar esse ressecamento desagradável de todo o trato respiratório. "A anatomia nasal apresenta um fluxo laminar, onde o ar circula pelos seios da face e é aquecido e umidificado antes de sua chegada aos pulmões", explica o otorrinolaringologista Rodolfo Scalia. 

21 de mai de 2016

Lave bem seu rosto em oito passos

Antes de tudo, lave as mãos

A primeira coisa a fazer é deixar as mãos limpas. "Como elas serão usadas para enxaguar e aplicar sabonete e outros produtos, é essencial que estejam livres de bactérias para não contaminar o rosto", explica o dermatologista Carlos Miranda, diretor da clínica A Nova Estética, em Belo Horizonte. Capriche na tarefa: passe sabonete, esfregue uma mão na outra e tire todo o sabão - a fórmula usada nas mãos é muito agressiva para a pele do rosto.

Sem lenço sem documento@

Me increvi no curso de cabeleireiro pra ver se aprendo mas uma profisão , mas tem que espera estou quaser mudando pra boleiro , o pai do meu filho não quer mesmo saber do menino eu vejo que isso me magoa muito mas faça o que eu escolhi abandomar ele e assim foi feito espero que um dia ele cai em si mas que  ele cai em si não sja quando ele crescer a vida da muitas volta porque ele faz isso varias vezes eu me pergunto e pergunto a Deus porque senhor isso acontecer porque um pai não quer saber do filho diz o ditado aui se colher o que ser planta mas isso e verdade, meu filho não merece isso tantas crianças querendo ser adotadas sem pai sem mãe , mas espero encher ele de muito amor pra que ele não sinta isso é uma pena a viajem oi po beleleu por vários motivos esse é uma deles que raiva uma magoa tão grande que eu tento tira do meu coração mas não consigo.

Saiba como prevenir e tratar as manchas nas axilas

Com o tempo esquentando, o drama de muitas mulheres volta a incomodar: a pele das axilas escurecida. No inverno, o problema fica escondido, já no verão é o motivo número 1 para que as peças com mangas dêem lugar às regatas e alcinhas muito mais fresquinhas.

O escurecimento da pele é mais comum nas peles morenas e negras, mas quem tem pele clara também pode sofrer com as manchas. Isso porque, elas podem ser causadas pelo excesso de melanina ou por agressões que a pele sofre.

"Em geral, as agressões são ocasionadas pelo atrito da pele com o tecido da roupa, depilação, alterações hormonais e desodorantes que contem álcool em suas fórmulas", explica o dermatologista Jorge Mariz. A quantidade de suor também pode causar as manchas, assim como a obesidade (já que, quando há excesso de peso, o atrito é maior. 
Axilas com manchas - Foto: Getty
Manchas nas axilas
Mas existem tratamentos que são capazes de clarear as axilas, deixando a região livre da pigmentação escura. São boas opções para solucionar o problema os clareamentos com laser, que removem parte da pigmentação escura, ácidos clareadores e peelings superficiais. "O tipo de tratamento, o número de sessões e os resultados vão depender do grau de hiperpigmentação da pele", explica Jorge Mariz. "Nas peles onde o problema é superficial os tratamentos mais comuns são feitos com cremes despigmentantes, que são aplicados diretamente sobre o local", diz o especialista.

Peeling
O peeling é o tratamento mais eficaz, mas também o mais agressivo, já que queima a região escurecida. "No peeling, usamos uma substância ácida para queimar a região. Esta queimadura superficial provoca uma descamação e consequente remoção da hiperpigmentação total ou parcial da pele", explica o dermatologista Cesar Cuono. Mas, por ser superficial, o tratamento não resolve os casos em que a área está escura demais. Durante a aplicação, você sente apenas um ardor. Mas a sensação passa em minutos e nenhum desconforto permanece (a não ser a descamação que irá acontecer).

Luz pulsada
É um dos tratamentos mais recomendados para as manchas muito escuras. A luz pulsada funciona à base de raios luminosos que ajudam a diminuir a pigmentação extra da pele. "Os raios são absorvidos pela melanina acumulada e destroem este pigmento. Dependendo do tipo de pele e da concentração de melanina, pode-se sentir uma picada no disparo da luz, seguida de uma sensação de ardor. Mas o desconforto some em poucos minutos", explica o dermatologista Cesar Cuono. 
Tratando em casa
Já existem desodorantes que prometem ajudar a reverter o problema. Os produtos são livres de álcool e possuem nutrientes que ajudam acelerar o processo de renovação da pele, ajudando a remover as células escuras.

E muito cuidado com as receitinhas caseiras para clarear a pele. Elas não funcionam e podem até colocar sua saúde em risco. "O limão, por exemplo, é ácido e quando exposto ao sol, pode queimar e provocar lesões graves na pele. O ideal é procurar um especialista e investir em tratamentos seguros", explica a dermatologista da Unifesp, Solange Teixeira. Conheça outros perigos:

-Maisena: o amido realmente acalma a irritação aliviando o problema, mas não é capaz de clarear a pele, por isso, não funciona.

-Limão com açúcar: essa é a pior saída. Se exposto ao sol, você poderá sofrer queimaduras graves.

-Fubá com aveia: a espessura granulada da mistura pode ferir ainda mais a pele, provocando o escurecimento mais intenso.

-Água oxigenada: é um produto químico que pode agredir a pele de forma intensa, provocando lesões, queimaduras e até intoxicação.

-Talco: ele ajuda a diminuir o atrito no local, porém, sua composição química pode irritar a pele causando o efeito contrário. Faça o teste antes de usar.

Previna as manchas escuras
Algumas medidas preventivas ajudam a afastar as manchas das axilas. Veja quais são elas:

-Nunca use desodorantes ou cremes com álcool na fórmula

-Use e abuse de cremes hidratantes -Prefira a depilação com cera ou a laser à feita com lâmina

-Use roupas mais leves e menos coladas ao corpo para não irritar a pele

-Prefira desodorantes com substâncias hidratantes e que controlam o suor (antitranspirantes) 

20 de mai de 2016

EFICÁCIA DA CAMISINHA MASCULINA

O preservativo masculino, popularmente conhecido como camisinha, é o método contraceptivo mais utilizado no mundo. A camisinha possui uma grande vantagem em relação aos outros métodos: ajuda a prevenir não só a gravidez como também a transmissão de doenças sexualmente transmissíveis (DST).
Neste texto vamos tentar abordar tudo o que for de importante sobre camisinha masculina: eficácia, como colocar, dicas, vantagens e desvantagens.

O que é a camisinha?

A camisinha é um contraceptivo de barreira, ou seja, impede que as secreções penianas e vaginais entrem em contato. Deste modo, há possibilidade de prevenção não só da gravidez, como também das de doenças sexualmente transmissíveis (DST). Outros métodos contraceptivos como os anticoncepcionais orais e o DIU, por exemplo, impedem apenas a gravidez, não influenciando no risco para DST.
A camisinha é feita normalmente de látex ou poliuretano. Em média, uma camisinha possui 19 cm de comprimento, 5 cm de largura e 0,07 mm de espessura, existindo modelos com variações nas três medidas. Além dos tamanhos, as camisinhas podem variar no formato, cor, cheiro, sabor, lubrificação e presença ou não de espermicida.
Todas essas variações descritas acima afetam apenas na comodidade do usuário; nenhum destes fatores influencia na efetividade do preservativo, nem mesmo a presença de espermicida. Na verdade, camisinhas com espermicida não são mais eficazes que camisinhas sem espermicida, e ainda estão mais relacionadas a ocorrência de infecções urinárias (cistites) nas parceiras (leia: INFECÇÃO URINÁRIA | CISTITE | Sintomas e Tratamento). Atualmente, indicamos sempre camisinhas sem espermicidas.

Eficácia da camisinha

A eficácia da camisinha precisa ser avaliada de duas maneiras:
1) Eficácia contra gravidez
2) Eficácia contra DSTs
Independente do modo, a eficácia da camisinha está diretamente ligada ao seu uso correto. Mais abaixo ensinaremos o modo certo de se colocar e de se usar a camisinha
1) Eficácia da camisinha contra gravidez
Quando usada de modo correto, a camisinha apresenta uma eficácia de 98% contra a gravidez. Quando usada de modo intuitivo, ou seja, colocada sem maiores orientações ou cuidados, a eficácia cai para 85%.
Publicidade - Publicidad
2) Eficácia da camisinha contra DST
O uso correto da camisinha é atualmente a principal arma na prevenção das doenças sexualmente transmissíveis. A sua eficácia varia de doença para doença, não podendo ser considerada 100% eficiente em nenhum dos casos. Por isso, além do uso correto da camisinha, é muito importante que o individuo evite comportamentos de risco, como ter múltiplos(as) parceiros(as) sexuais.
A camisinha é extremamente eficiente contra a transmissão do vírus HIV. O risco de transmissão do vírus durante uma única relação sexual com camisinha, colocada e usada de modo correto, é praticamente nulo.
Os casos de transmissão costumam ocorrer naqueles casais sorologicamente discordantes, ou seja, um HIV positivo e outro HIV negativo, que têm relações sexuais frequentes. Ainda assim, a camisinha é um excelente método de proteção. Um trabalho de 2001 acompanhou 587 destes casais e demonstrou que em apenas onze deles o(a) parceiro(a) acabou se infectando. Veja bem, estamos falando de pessoas que mantiveram relações sexuais frequentes com parceiros infectados. Leia também: SAIBA COMO SE PEGA E TRANSMITE HIV E AIDS
A camisinha também é eficiente na prevenção de outras DST, porém, com taxas de sucesso menores que contra o HIV. Entre as DST que apresentam significante redução na taxa de transmissão podemos citar:
O mais importante é entender que a camisinha é uma poderosa arma contra a disseminação das doenças sexualmente transmissíveis, porém, ela não é infalível e em muitos casos sua performance está longe de ser o ideal.
Se por um lado o papel de alguns grupos religiosos que são contra o uso da camisinha pode ser considerado irresponsável, por outro, campanhas de promoção do preservativo sem que haja o devido esclarecimento podem incentivar comportamentos de risco, o que por si só podeira reduzir os efeitos benéficos do uso frequente de camisinha.
Portanto, para reforçar, a camisinha deve ser usada em toda relação sexual onde não haja intenção reprodutiva, pois a mesma reduz significantemente o risco da transmissão de doenças; porém, um comportamento de risco reincidente diminui a sua eficácia, expondo o indivíduo a riscos.

Prós e contras da camisinha

Prós:
– É um método contraceptivo imediatamente reversível.
– Protege contra gravidez e DST.
– São baratas, de fácil acesso e não requerem prescrição médica.
– É simples de ser usada.
– Pode ser carregada por homens e mulheres.
– Praticamente não existem reações adversas ao seu uso.
– Ajuda a controlar a ejaculação precoce (leia: EJACULAÇÃO PRECOCE | Causas e tratamento).
Contras:
– Alguns homens se queixam de perda da sensibilidade do pênis.
– Alguns homens perdem a ereção quando se interrompem as preliminares para se colocar a camisinha.
– O uso da camisinha necessita de aprovação do parceiro(a).
– O seu uso pode levar a falsa impressão de proteção completa e sem falhas.
– Algumas mulheres têm vergonha de carregar camisinha por terem medo de serem taxadas de promíscuas.
– Algumas religiões não permitem o seu uso.

Como colocar a camisinha – como usar a camisinha

Para a camisinha ser um eficaz método de controle de natalidade e/ou de transmissão de doenças, ela precisa ser usada corretamente. Apesar de ser um método muito simples e praticamente intuitivo, algumas regras precisam ser respeitadas. Algumas das dicas abaixo podem parecer óbvias, mas estão entre as principais causas para o insucesso.
1- Compre camisinhas em locais autorizados, como farmácias e máquinas automáticas. Evite comprá-las em ambulantes ou em locais que estejam armazenadas incorretamente. No Brasil, atente para a presença do selo do INMETRO que atesta a qualidade da marca. Outro ponto importante é a data de validade do produto; se o envelope estiver danificado, recuse a camisinha.
2- A camisinha deve ser guardada em locais frescos, não úmidos e longe dos raios solares. O carro não é um bom local para armazená-las, a não ser que o mesmo permaneça sempre estacionado em locais cobertos. Na carteira, o tempo ideal é de no máximo um mês. Expô-las ao calor danificará o látex, favorecendo seu rompimento.
3- A camisinha é um produto descartável e de uso único. Mesmo que a segunda vez seja entre as mesmas pessoas, a camisinha não pode ser reutilizada.
4- Apenas abra o envelope da camisinha na hora que for colocá-la. Cuidado para não rasgá-la e evite materiais cortantes para abri-la.
5- Para reduzir o risco das DST a camisinha deve ser colocada antes que haja qualquer contato entre as genitálias, mesmo se ainda não houver intenção de penetração.
6- A camisinha só deve ser colocada quando o pênis estiver ereto.
7- Como colocar a camisinha:
– Com o pênis ereto, coloque a camisinha na glande (cabeça) segurando o reservatório para evitar que este fique cheio de ar.
– Desenrole-a até a base do pênis. Se a camisinha não desenrolar facilmente é porque ela deve estar ao contrário. Troque o lado e reinicie o processo.
– Se colocada corretamente, o reservatório na ponta do pênis ficará murcho, sem ar.
– A camisinha deve ser sempre desenrolada o máximo possível, ficando bem justa na base do pênis
8- As camisinhas já vêm lubrificadas. Evite acrescentar qualquer outro produto lubrificante, pois os mesmos podem danificar o látex. Se for necessária mais lubrificação, use apenas lubrificantes a base de água, como KY®.
9- Não tente colocar a camisinha em um pênis não ereto. Ela ficará frouxa e poderá sair durante o ato sexual.
10- Uma vez que tenha ejaculado, termine a penetração antes que o pênis fique flácido, pois neste momento a camisinha pode ficar frouxa, permitindo que o esperma escorra pelos lados. Existe também o risco da camisinha sair e ficar dentro da vagina.
11- A camisinha deve ser trocada sempre que houver mudança de sexo anal para sexo vaginal.
12- Após a retirada, deve-se dar um nó na base da camisinha e desprezá-la no lixo. Não jogue a camisinha no vaso sanitário.

E se a camisinha estourar?

Apesar de ser um evento raro, o incorreto uso ou armazenamento da camisinha podem eventualmente levar a rompimentos ou vazamentos da mesma. Se a camisinha arrebentar antes da ejaculação, retire o pênis, lave-o com água e sabão (o mesmo para vagina) e troque de preservativo se quiser reiniciar o ato sexual. Se isto for feito imediatamente, o risco de gravidez e transmissão de doença é muito baixo. Atenção: mulheres devem evitar ducha vaginal na hora de se lavar.
Se a camisinha estourar após ou durante a ejaculação, o pênis deve ser retirado imediatamente e ambas genitálias devem ser lavadas. Para evitar a gravidez, entre em contato com seu ginecologista para orientações sobre contracepção de emergência, como a pílula do dia seguinte (leia: PÍLULA DO DIA SEGUINTE | Como tomar, eficácia e efeitos). Sempre que houver contato entre mucosas e secreções genitais há o risco de transmissão de DST. Se houve algum problema com a camisinha e você suspeita que seu (sua) parceiro(a) possa ter alguma doença venérea, procure um médico para receber orientações de como proceder.

Relação com Camisinha

1 - Tive relação e usamos camisinha, ela não estourou, posso engravidar?

Não. Camisinha é um método anticoncepcional seguro.

2 - Tive relação e usamos camisinha, ela estourou, posso engravidar?

Sim. Quando a camisinha estoura pode ocorrer gravidez. Mesmo não havendo ejaculação dentro da vagina existe um pequeno risco de ocorrer gravidez.

2.1 - A camisinha estourou, mas ele não gozou dentro.

Pode engravidar do mesmo jeito. O risco de gravidez tende a ser bem menor quando não há ejaculação dentro da vagina, mas ainda assim existe a chance de gravidez.

3 - Tivemos relação com camisinha e depois ele tirou e encostou o pênis sujo em mim, posso engravidar?

Não. Se não há penetração (esperma da ejaculação não entra na vagina) não há como ocorrer gravidez.

4 - Tivemos relação com camisinha e depois ele tirou a camisinha, lavou o pênis e fizemos novamente sem camisinha, posso engravidar?

Sim. Uma pequena quantidade de esperma pode ficar na uretra no interior do pênis após uma ejaculação.

Batom do Avon

Escolha o seu favorito! Confira uma seleção especial com os produtos queridinhos da Avon. CLIQUE E AGARRE O SEUEscolha o seu favorito! Confira uma seleção especial com os produtos queridinhos da Avon. CLIQUE E AGARRE O SEUEscolha o seu favorito! Confira uma seleção especial com os produtos queridinhos da Avon. CLIQUE E AGARRE O SEU cada vez as cores ficam mais bonitas

Pai? o que é o que significa!

Para mim significa tudo mas pro meu filho nada , um pai que ele tem não desejo a ninguém ele acha que manda um mesada já compra tudo um bosta de pai que descobri muitas coisas dele ruim de baixo nivél como é daqui pra frente vai se como sempre foi um pai ausente 6 anos sem aquele abraço sem aquele beijo de boa noite sem aquela conversa , mas quando cresce ai eles vem como uns bom moços sei

Resenha: Kit Detox Cadiveu

Resenha: Kit Detox CadiveuVocê já fez detox capilar? Sabe a importância de fazer esse procedimento no seu couro cabeludo? Com o tempo, vão-se acumulando resíduos, sujeira, sal, cloro, gordura e restos de produtos cosméticos que permanecem nos fios mesmo após as lavagens. O detox capilar serve para desintoxicar e eliminar essa sujeira acumulada no couro cabeludo e nos fios. Para mais detalhes sobre o procedimento, sugiro este post explicando tudo sobre detox capilar.
Para a desintoxicação do couro cabeludo já existem alguns produtos no mercado. Você pode fazer num salão de beleza com um profissional, ou em casa. Eu testei o kit detox da Cadiveu e vou contar mais detalhes.
O kit contém 5 produtos:
  • Detox Proteína 320ml
  • Detox Suco Verde 220ml
  • Detox Multinutrientes 120ml
  • Detox Shampoo 250ml
  • Detox Condicionador 250ml
O Cadiveu Detox Kit Profissional foi desenvolvido especialmente para desintoxicar o couro cabeludo. Na composição: ácido salicílico, que ajuda a remover o excesso de oleosidade; Jambu, que fortalece e rejuvenesce o cabelo; e um complexo de aminoácidos e proteínas, que fortalece e recupera os fios.
O kit detox Cadiveu ajuda a promover a remoção total de resíduos como poluição, cloro, sal, descamações e vestígios de cosméticos deixados na raiz do cabelo. Auxilia também a eliminar o excesso de oleosidade, deixando os fios mais leves e saudáveis.
Resenha: Kit Detox Cadiveu

Como usar o Kit Detox Cadiveu?

Como o kit tem 5 produtos dá a impressão que é difícil e chato para usar, mas na verdade é bem simples:

Passo 1

O primeiro item a ser aplicado é o Detox Proteína: é como se fosse um hidratante cuja função é hidratar e proteger os fios. Deve ser aplicado nos cabelos secos, do comprimento às pontas. Não use na raiz.

Passo 2

Em seguida, aplique o Detox Suco Verde: desintoxica e elimina tanto a oleosidade excessiva quanto as descamações. Ele tem a consistência líquida. Então, coloque o suficiente para umedecer todo seu couro cabeludo em um recipiente e, com a ajuda de um pincel, aplique o produto diretamente no couro cabeludo. Com as pontas dos dedos, massageie por 3 minutos em toda a extensão da cabeça para que a circulação seja ativada.

Passo 3

Ainda sem enxaguar, utilize o Detox Multinutrientes: é um tratamento nutritivo para o bulbo capilar. Com a ajuda do bico dosador, aplique diretamente no couro cabeludo. Massageie por 5 minutos até que aja uma completa absorção dos nutrientes. Em seguida, envolva a cabeça em uma touca e deixe agir por 20 minutos.

Passo 4

Na hora da lavagem, utilize o Detox Shampoo: aplique o shampoo no couro cabeludo, massageando delicadamente. Enxágue bem.

Passo 5

Aplique o Detox Condicionador sobre o cabelo ainda úmido, do comprimento às pontas, evitando o contato com a raiz. Deixe agir por cerca de 2 minutos. Enxágue bem.

Passo 6

Deixe os cabelos secarem naturalmente ou se preferir utilize o secador. Evite utilizar finalizadores.

O que eu achei do tratamento detox?

Pra falar a verdade, a princípio eu não estava com muitas expectativas com relação a esse kit, mas mesmo assim achei a proposta interessante e resolvi comprar.
Como algumas de vocês já sabem, eu há tempos luto com a queda de cabelo. Então, no dia que usei o kit pela primeira vez, eu fiquei assustada com tanto cabelo que caiu. Mas isso, claro, não foi causado pelo produto em si. O fato é que acabei fazendo muita massagem no couro cabeludo, então aqueles fios que já estão fracos e “soltos” na cabeça acabam caindo, algo comum para alguém com queda. (inclusive depois dessa lavagem, digamos assim, “especial”, os fios passaram a cair bem menos, uma vez que já tinha caído tudo o que era pra cair) 🙂
Fora esse susto inicial, eu simplesmente amei a sensação de limpeza e frescor que o kit proporciona. Nota-se realmente uma diferença muito grande com relação às lavagens tradicionais. O cabelo ficou soltinho, leve e com brilho.
Eu acho superimportante para a saúde do nosso couro cabeludo fazer uma “limpeza pesada” dessas de vez em quando. Eu mesma uso muitos produtos finalizadores nos cabelos, então acaba sendo um tratamento bem útil.
Eu usei duas vezes por enquanto, dei um intervalo de 20 dias. O recomendado pela marca é usar a cada 10 dias. O rendimento do kit é de 12 aplicações.

18 de mai de 2016

Hoje trago alguns look pra vocês @

ser você quer fica bem poderosa aqui esta minha dica na marisa tem um monte de modelos monte a sua , esse aqui foi que eu mas gostei cai bem no corpo e sem fala que a cor é linda Já reparou que os vestido estão com tudo de noite só coloca um casaquinho pronto está pronta espero que tenha gostado fui!

Você sabe quais as funções da Vitamina A?

Você sabe quais as funções da Vitamina A?A vitamina A é um micronutriente com função antioxidante. Ela fixa-se aos radicais livres que se originam da oxidação de diversos elementos. Esses radicais livres teriam um efeito nocivo para as células e são tidos como causadores de catarata, tumores, doenças da pele e doenças reumáticas. Ainda tem importância na formação dos ossos, da pele, cabelos e unhas.
A vitamina A desempenha papel essencial na visão, crescimento, desenvolvimento do osso, desenvolvimento e manutenção do tecido epitelial, processo imunológico e reprodução. Aproximadamente 90% da vitamina A do organismo é armazenada no fígado; o remanescente é armazenado nos depósitos de gordura, pulmões e rins.

Benefícios da Vitamina A

  • A vitamina A melhora a visão porque protege a córnea, parte do olho que transmite e concentra a luz que entra no olho. A baixa ingestão deste nutriente pode fazer com que a pessoa tenha dificuldade em enxergar em locais com a luz fraca e causar alterações oculares. Em casos extremos, pode levar à cegueira total.
  • Ajuda na saúde da pele pois age na reparação do epitélio da pele. Alguns estudos tentaram comprovar se a vitamina A ajuda a prevenir ou tratar o câncer de pele, porém nada ainda foi comprovado.
  • A vitamina A contribui para o crescimento de diferentes maneiras. Ela é essencial para a proliferação e divisão celular e também regula a expressão do gene para a formação do hormônio de crescimento, o GH.
  • Evita infecções e melhora a imunidade. É importante destacar que as células da pele e das mucosas, que revestem as vias respiratórias, do aparelho digestivo e do trato urinário, atuam como uma barreira e são a primeira linha de defesa do corpo contra infecções. Desta forma, a vitamina A é importante porque mantém as funções e a integridade dessas células.
  • A vitamina A tem um efeito antioxidante. Assim ela evita a ação dos radicais livres que teriam efeito nocivo para as células e são tidos como causadores de arteriosclerose, catarata, tumores, doenças de pele, entre outros.
Você sabe quais as funções da Vitamina A?

Deficiência de vitamina A

A deficiência de vitamina A é identificada por meio de um exame de dosagem de retinol sérico. A deficiência do nutriente pode causar uma série de problemas de saúde
  • Cegueira noturna
  • Ressecamento da esclera (parte branca) e córnea dos olhos, podendo levar à cegueira
  • Inflamação da pele (dermatite)
  • Endurecimento das membranas mucosas do trato respiratório, gastrointestinal e geniturinário
  • Risco de infecções e morte

Combinações da vitamina A

Vitamina A + gorduras e proteínas: Ao consumir alimentos de origem vegetal ricos em betacaroteno, a conversão dele em vitamina A ocorre na parede do intestino delgado sendo influenciada pela ingestão de gorduras e proteínas da dieta.
Vitamina A + zinco: A vitamina A que é absorvida no intestino será estocada no fígado, mas para que possa ser transportada nos vasos sanguíneos o zinco é necessário.

Fonte de vitamina A

Você sabe quais as funções da Vitamina A?
A vitamina A é encontrada em alimentos de origem animal (leite, ovos, fígado). As folhas verdes, vegetais e frutas amarelo-alaranjados possuem carotenoides que são convertidos em vitamina A pelo organismo.
Dose diária recomendada: 2 mg ou 10.000 UI
Muitos especialistas recomendam o uso combinado de vitamina A e betacaroteno para manter ótimos níveis de vitamina A e evitar intoxicação. O betacaroteno é o precursor da vitamina A – ele é convertido em vitamina A pelo corpo, porém sem o risco de intoxicação.

Cuidado com o excesso de vitamina A

O excesso de vitamina A, uma situação frequente em pessoas que ingerem vitaminas deliberadamente, pode causar manifestações clinicas desagradáveis e até perigosas.
A intoxicação por vitamina A poder ser aguda ou crônica. A ingestão prolongada de 30 mg/dia de retinol, durante 6 meses ou mais, provoca intoxicações.

Sintomas do Excesso de vitamina A

  • Dor de cabeça
  • Ressecamento da pele com fissuras
  • Perda de cabelos
  • Aumento do baço e fígado
  • Aumento dos ossos e dor nas juntas.

É preciso suplementar a vitamina A?

A melhor maneira de incluir a vitamina A no nosso dia a dia, é ingerir boas doses de óleo de fígado de bacalhau, porém, para muitos é difícil. Nos alimentos comuns do dia a dia dificilmente conseguimos boas doses de vitamina A, justamente a conversão do betacaroteno em vitamina A nem sempre acontece de forma eficiente. Então, existe a possibilidade de suplementação. Nesse caso, 10.000UI por dia é razoável, e pode ser feito em farmácia de manipulação. É sempre importante entender bem suas necessidades, pois como vimos antes, há possibilidade de intoxicação por excesso dessa vitamina.

Vitamina A (Retinol) para Pele e Cabelos

Você sabe quais as funções da Vitamina A?
A forma pura da vitamina A é o retinol, pertencente à classe dos retinoides, que são compostos usados em cosmetologia principalmente porque possuem um poder antioxidante. São incorporados principalmente a cremes e a óleos corporais.
Pesquisas indicam que a vitamina A ajuda na regeneração da pele, combatendo os sinais comuns do envelhecimento da pele. Com o tempo, a pele vai perdendo colágeno e a sua capacidade de manter a flexibilidade, elasticidade e firmeza naturais. Mas o retinol ajuda a pele a reter água e a se recuperar, ficando com uma aparência melhor. Além disso, o fato de favorecer a regeneração celular cutânea é bom porque torna a pele sensível de pessoas mais velhas menos suscetível a lesões.
A vitamina A também penetra na pele e normaliza o processo de queratinização, deixando a pele lisa e macia, reduz o espessamento da epiderme, normaliza a pele ressecada e reduz a escamação do couro cabeludo.
A vitamina A ajuda no tratamento da acne e a remover as manchas da velhice. A falta da vitamina a deixa os cabelos ressecados e opacos, piora os problemas de caspa e prejudica o crescimento dos fios.

4 de mai de 2016

Reposição de Minerais ajuda na Beleza e na Saúde

Reposição de Minerais ajuda na Beleza e na SaúdeOs minerais possuem um papel fundamental no organismo, regulando nossas reações enzimáticas. Os minerais também são usados em tratamentos estéticos e de saúde para ajudar a resolver problemas como: queda de cabelo, unhas frágeis, pele, dores de cabeça e depressão.

Benefícios dos Sais Minerais

  • Geram a estrutura da formação dos ossos, dentes e esqueleto, sendo fundamental desde o início da vida.
  • Participam na manutenção do ritmo cardíaco, na contratilidade muscular, condutividade neural, e no equilíbrio ácido-básico do organismo.
  • Agem como parte importante das enzimas e dos hormônios que modificam e regulam a atividade celular.
  • Melhoram a estrutura capilar, fortalecem as unhas e deixam a pele mais saudável.
Reposição de Minerais ajuda na Beleza e na Saúde

Principais Minerais

  • Ferro: O ferro é o componente fundamental na circulação sanguínea, tendo funções importantes na hemoglobina e no sistema respiratório.
  • Cálcio: O cálcio é importante para o fortalecimento de ossos e dentes. O cálcio também é necessário para o funcionamento adequado do sistema nervoso e imunológico, contração muscular, coagulação sanguínea e pressão arterial.
  • Zinco: O zinco ajuda a manter o sistema imunológico sadio, facilita a cicatrização de machucados e recuperação de lesões. Atua no controle cerebral dos músculos; ajuda na respiração dos tecidos e participa no metabolismo das proteínas e carboidratos.
  • Fósforo: Atua na formação dos dentes e ossos; indispensável para o sistema nervoso e o sistema muscular. Tem um papel importante na produção de energia.
  • Magnésio: O magnésio tem um papel fundamental no desempenho em esportes de resistência. Este mineral atua principalmente nos músculos e ossos, onde ajuda na contração muscular e metabolismo energético.
  • Potássio: Dá equilíbrio ao organismo. Extremamente importante para a contração muscular e na transmissão nervosa. Sua deficiência pode trazer fraqueza muscular e fadiga.

Reposição de Minerais

Os minerais são substâncias inorgânicas, e não podem ser produzidas no nosso corpo. Por isso, é importante não se descuidar e procurar sempre obter a quantidade necessária diariamente.
A reposição de minerais normalmente não deve ser feita de forma isolada, mas em conjunto com uma reeducação alimentar. O déficit nutricional precisa ser resolvido a longo prazo, coisa que só a alimentação correta proporciona. Porém, hoje em dia, mesmo que você se alimente bem, é difícil conseguir todos os minerais necessários pois os próprios alimentos possuem menos nutrientes que antigamente (devido a solo menos fértil, hibridização e outros fatores).
Nas mulheres a falta de minerais é muito perceptível e pode causar danos. Por isso a mudança dos hábitos alimentares e o acompanhamento através de check-ups e de exames de sangue são de extrema importância. Aliado a isso, não podemos esquecer que também contamos com o uso de alimentos e suplementos minerais e vitamínicos.
Reposição de Minerais ajuda na Beleza e na Saúde

Minerais para a Beleza

Enxofre Orgânico (MSM)

O enxofre é essencial para manter os cabelos brilhantes e macios. É essencial para a síntese do colágeno e é predominante na queratina, uma substância indispensável para a saúde e manutenção da pele, unhas e do cabelo.
O enxofre é importante para manter pele, unhas e cabelo bonitos e bem tratados. A insuficiência desse mineral no corpo pode provocar a rigidez das novas células e contribuir para rachaduras, rugas e cicatrizes na pele.
O enxofre é um suplemento de inúmeros benefícios; dentre eles, a melhora da circulação e oxigenação das células. Outro grande benefício é a síntese de colágeno e queratina, fundamental no fortalecimento dos cabelos e unhas, dando força, elasticidade, resistência e brilho.
Para repor os níveis de enxofre no corpo, o MSM é a forma orgânica do enxofre que possui elevado grau de biodisponibilidade (é facilmente absorvido e utilizado pelo corpo). É considerado o melhor anti-inflamatório natural, muito indicado por aliviar a dor.

Silicio Orgânico

Assim como todos os nutricosméticos, o silício orgânico age de dentro para fora no corpo, recuperando as “proteínas da beleza”.
Ele é um produto complexo: é capaz de recuperar membranas e ossos desgastados, bem como auxiliar no processo de cicatrização, fortalecimento e regeneração.
Na pele, por exemplo, a reposição do nutriente, por meio da suplementação, favorece a elasticidade, preenche e previne sinais de rugas e linhas de expressão e combate o envelhecimento precoce.
Enquanto isso, o bulbo capilar também ganha com o produto, já que o nutriente tem ação de fortalecimento e antiqueda dos fios. Ao mesmo tempo, ele favorece a formação de cabelos mais grossos e bonitos.
A queratina, presente no silício orgânico, é importante para a saúde das unhas, visto que o nutriente é o principal responsável pela força delas. Portanto, usar o produto as protege deixando-as mais firmes e menos quebráveis.

Ferro

Na medida certa, esse mineral só proporciona benefícios à saúde, à pele, às unhas e aos cabelos. Esse mineral promove a aparência saudável da pele como um todo, e por ser um importante constituinte do sangue, é um excelente tonificante do tecido.
Quando há carência de ferro no organismo,  a epiderme tem sua função de proteção prejudicada, tornando-se mais fina, seca e com falta de elasticidade. Quando isso ocorre, é porque a célula não consegue absorver o oxigênio e não possui energia para se livrar das toxinas adquiridas no dia a dia, que vão se acumulando até um momento em que elas deixam de funcionar. Além disso, os cabelos e unhas demoram mais para crescer e ficam fracos.

Magnésio

É importante para saúde da pele e dos cabelos, protegendo contra perda de pigmentação e queda, sendo eficaz no combate a calvície.  A deficiência de magnésio interfere com a forma como o cálcio é distribuído pelo organismo. A longo prazo, a deficiência de magnésio pode resultar em inflamação e depósitos de cálcio nos folículos pilosos. A calcificação do couro cabeludo contrai o fornecimento de sangue para os folículos pilosos, causando redução do fluxo de nutrientes.

Zinco

O zinco é fundamental na formação de queratina para combater as unhas e cabelos secos, fracos e quebradiços. Importante na gestação para evitar as famosas estrias, o zinco ajuda a prevenir o aspecto envelhecido da pele, pois está presente 5 a 6x mais concentrado na nossa epiderme do que na derme, impedindo a formação de radicais livres na superfície da pele.
Zinco ajuda seu corpo a produzir e reparar tecidos, como seu cabelo, e mantém as glândulas sebáceas em volta dos seus folículos capilares funcionando como devem.

É importante salientar que esse é um post meramente informativo. Para saber se é preciso fazer reposição é necessário fazer exames e ter acompanhamento médico.

Use e Abuse das Ampolas de Hidratação: seus Cabelos Agradecem!

Use e Abuse das Ampolas de Hidratação: seus Cabelos Agradecem!Você costuma usar ampolas capilares para hidratar seus cabelos? As ampolas são práticas e eficientes, ótimas para aqueles dias que você precisa dar um up nos fios mas está sem tempo de fazer uma hidratação caprichada.
As ampolas podem ser feitas tanto nos salões como em casa. As ampolas de hidratação são feitas através de nanotecnologia: elas consistem de uma concentração enorme de partículas — vitaminas, nutrientes e minerais. Este produto consegue penetrar nas camadas capilares danificadas por excesso de química (como por tinturas e alisamentos). Essas partículas minúsculas conseguem melhorar a saúde do fio e, assim, deixá-lo mais hidratados em pouco tempo.
Use e Abuse das Ampolas de Hidratação: seus Cabelos Agradecem!
As ampolas de hidratação vão fazer a reposição de nutrientes perdidos e, assim, deixar o cabelo nutrido e bem macio. Deve ser aplicada sempre nos cabelos úmidos, depois de uma lavagem caprichada. Porém, cada cabelo precisa de um ingrediente diferente. Por isso, é preciso escolher a ampola mais indicada para o seu fio. Existem salões especializados que conseguem identificar, depois de uma análise clínica, quais as necessidades exatas do seu cabelo.
Existem diversos tipos de ampolas para cabelo: as de limpeza, as de hidratação e as de reconstrução do couro cabeludo. As ampolas costumam vir em dose única. O produto é bem concentrado e age repondo os nutrientes dos fios, seja em cabelos naturais ou nos quimicamente tratados. Cada uma tem uma forma certa de ser aplicada nos cabelos, por isso, é importante conhecer os procedimentos corretos para garantir um bom resultado.

Como usar a ampola?

1. Lave o cabelo com um shampoo adequado para seu tipo de cabelo. Enxágue bem.
2. Em seguida, tire o excesso de água com uma toalha. Cuidado para não esfregar os fios, o que causa frizz. Aperte levemente os fios.
3. Aplique a ampola no comprimento e mantenha uma distância de dois dedos da raiz.
4. Massageie bem o cabelo: deslize as mãos sempre no sentido do comprimento dos fios. Deixe agir de um a três minutos conforme a embalagem.
5. Enxágue com água morna ou fria e finalize como de costume.

Com qual frequência usar ampolas?

Faça a hidratação com ampola uma vez por semana se os fios estiverem muito ressecados e danificados, ou a cada 15 dias para cabelos normais.

Sugestão de Ampolas de Hidratação

1 / 14
Para mais informações sobre cada produto (como preço, por exemplo), clique nos links individuais (eles abrem em uma nova janela ou aba de seu navegador). Essa é uma pesquisa dos produtos mais eficientes e recomendados, e os links são todos para lojas confiáveis.

Como Fazer Reconstrução Capilar em Casa?

Como Fazer Reconstrução Capilar em Casa?Para ter seus cabelos realmente bonitos, é importante investir em hidratação e em uma alimentação rica em vitaminas e minerais. Porém, para um resultado verdadeiramente excelente, às vezes é necessário fazer um tratamento um pouco mais elaborado. A reconstrução capilar ajuda a eliminar de uma vez o drama de quem sofre com fios com aparência de mal cuidados.
Não é somente a química que serve de fator para detonar os fios. Sol e poluição são elementos que contribuem muito para o surgimento de pontas duplas e a falta de brilho dos fios. Além disso, não podemos esquecer é claro, do secador e da chapinha.
A reconstrução capilar é um tratamento ideal para cabelos ressecados, quebradiços, elásticos, danificados e sem vida. O procedimento pode ser feito em todos os tipos de cabelo, principalmente para os quimicamente tratados. Com a reconstrução capilar, você consegue renovar seus cabelos, trazendo-os de volta a vida e acrescentando brilho, força, hidratação e resistência aos fios.

O que é Reconstrução Capilar?

Como Fazer Reconstrução Capilar em Casa?
É uma técnica que consiste literalmente na reconstrução dos cabelos, renovando as camadas internas e criando uma espécie de selagem nas cutículas dos fios. Isso faz com que eles fiquem mais protegidos dos danos externos, assim ganhando brilho, força e resistência. É um tratamento que age de dentro para fora, então, tem grande durabilidade e eficácia.

Como Fazer a Reconstrução Capilar

A reconstrução geralmente é feita em salão de beleza, mas também pode ser feita em casa. Recomenda-se fazer uma vez a cada 15 ou 30 dias, dependendo do estado do cabelo.
Os produtos utilizados no tratamento são ricos em queratina, proteínas, aminoácidos, silicones e agentes reconstrutores. Durante o processo, as cutículas dos fios vão sendo fechadas, deixando os cabelos mais alinhados, sedosos e brilhantes.
Como Fazer Reconstrução Capilar em Casa?

Como Fazer a Reconstrução Capilar em Casa

Ingredientes

1. Shampoo Antirresíduo

Com o tempo, a sujeira acumulada nos cabelos pode formar um tipo de barreira que impede que outros produtos penetrem e ajam nas madeixas. Então, para a reconstrução capilar, o uso do shampoo antirresíduo é essencial: seus ativos são capazes de abrir a escama do fio e limpar, tirando os resíduos.
Sugestão de Produto: aqui tem boas opções de shampoo antirresíduo.

2. Queratina

Quando o cabelo está quebradiço, poroso e elástico, certamente está faltando queratina. Sem ela, os fios ficam vulneráveis, pois as escamas superficiais se abrem, deixando a camada interna exposta, o que resulta na perda de água, nutrientes e de mais queratina. A queratina é o que garante força, elasticidade e resistência à fibra, é como se reconstruísse o fio. Ela impermeabiliza e protege o cabelo de certas agressões, como o contato com água do mar, água quente, cloro, alisamentos, colorações e mechas em excesso.
Sugestão de Produto: Pode ser em gel, líquida ou em creme. Eu uso essa queratina da Haskell.

3. Ampola e Máscara Reconstrutora

As ampolas reconstrutoras contêm proteínas e queratina que restauram profundamente, fortalecem a estrutura interna dos fios, recupera a elasticidade e repõe o que o cabelo perdeu nos processos químicos. As ampolas são mais concentradas e mais eficientes, caso não tenha uma máscara reconstrutora, use a ampola.
A composição das máscaras reconstrutoras normalmente são: proteínas, aminoácidos e queratina. Essas máscaras hidratam, reconstroem e nutrem profundamente, restaurando e recuperando a vitalidade da fibra capilar. Confira o post sobre máscaras reconstrutoras.
Sugestão de Produto: A máscara reconstrutora mais bem cotada entre as leitoras é essa da Acquaflora.

4.Finalizador

O finalizador ajuda selar o cabelo. Ele protege o cabelo, repara as pontas, elimina os fios arrepiados e dá mais brilho, além disso ajuda selar a hidratação dentro do fio.
Sugestão de Produto: Óleo reparador ou silicone. Aqui tem várias opções de finalizadores.

Aplicação

O processo pode durar entre 40 minutos e 1 hora, variando conforme o tamanho do cabelo.
  • Passo 1: Lave seus cabelos com o shampoo antirresíduo, ou faça uma limpeza profunda para deixar os fios e couro cabeludo bem limpos e  enxágue bem.
  • Passo 2: Retire o excesso de água com a ajuda de uma toalha.
  • Passo 3: Aplique a queratina nos fios e deixe agir por 10 minutos ou conforme a orientação no rótulo do produto que você escolheu.
  • Passo 4: Enxágue os cabelos até retirar totalmente o produto dos fios. Novamente retire o excesso de água com uma tolha.
  • Passo 5: Aplique a mistura da máscara reconstrutora, juntamente com a ampola. Passe em toda a extensão dos cabelos. Coloque uma touca e deixe agir por 20 minutos. Enxágue bem.
  • Passo 6: Finalize com um silicone, ou um leave-in com silicone.

3 de mai de 2016

Como perder barriga?

Como perder barriga?

Como perder barriga?
Eu recebo muitos e-mails pedindo dicas de como perder barriga. Isso é o sonho de todas, não é? Até algumas magrinhas às vezes têm uma barriguinha saliente que incomoda. Mas será que existe forma de eliminar somente a barriga?
Pessoal, não existe fórmula milagrosa para perder barriga! Se alguém ou algum produto prometer que seca a barriga em pouco tempo e sem sacrifício, pode correr que é cilada! Mas calma, nem tudo está perdido: perder a gordurinha da barriga não é fácil, mas é possível com uma dose extra de conhecimento, e um certo sacrifício e dedicação.

Por que a gordura abdominal é tão difícil de ser eliminada?

Para eliminar a gordura acumulada na barriga é preciso mudança de hábitos. Se você não estiver disposta a essas mudanças, não há outra opção a não ser se conformar com sua barriguinha.
O que torna a gordura abdominal tão difícil de ser eliminada é que ela envolve os tecidos, ou seja, ela está localizada ao redor dos órgãos internos e um simples exercício abdominal não consegue alcançá-la. A ideia de direcionar a perda de gordura para um ponto específico do corpo (especialmente para a barriga) é apenas um dos vários mitos do fitness que se difundem por aí.
A gordura da barriguinha é, na verdade, gordura visceral. Ela pode até parecer inofensiva, mas quando há um acúmulo em excesso, há uma chance bem maior de você desenvolver diabetes, doenças cardíacas e sofrer AVC.
A causa do acúmulo não se restringe a apenas comer muito. Vários fatores podem desencadeá-la e a origem pode ser até genética. Os níveis hormonais também podem ser culpados. Por exemplo: o estrogênio em dose exagerada aumenta o tecido adiposo da barriga que acaba armazenando mais hormônio. O desequilíbrio confunde o corpo e ele não consegue mais queimar essa gordurinha.

Hábitos Alimentares para Perder Barriga

Para o acúmulo de gordura, o maior vilão são os carboidratos. O primeiro passo é diminuir a quantidade de carboidratos da dieta. Os piores deles são: cerveja, pão, massas de pizza, açúcar, macarrão, batata e arroz. Ao diminuir esses alimentos, você certamente vai notar a diferença.
O melhor tipo de alimentação para manter a barriga sequinha são as gorduras boas. Inclua diariamente gorduras como o abacate, coco e óleo de coco, manteiga, ovo, queijo parmesão, azeite de oliva e castanhas em geral (nozes, amêndoas, macadâmia).
Além disso, independente do tipo de alimento, as pessoas nem comem muita quantidade de comida, porém acabam pecando na qualidade. Alguns alimentos demoram mais para ser digeridos e ficam mais tempo no intestino fermentando, o que acaba estufando a barriga. Muitas vezes você acha que é gordura e na verdade é gases.

Por que os carboidratos engordam?

Como perder barriga?
Primeiramente, o problema não está com o carboidrato em si, mas sim com o excesso dele. O problema é que hoje os carboidratos são a base de nossa alimentação, e é difícil reduzir o consumo sem um esforço consciente.
Fontes de carboidratos engordam quando consumidas em excesso, pois são transformadas em açúcar na corrente sanguínea, o qual é estocado em forma de gordura se não for utilizado. Todos os carboidratos, sejam eles simples, complexos, naturais ou refinados, no final são transformados em glicose (açúcar no sangue). A concentração de insulina no sangue é proporcional à quantidade de carboidrato ingerida; quanto maior os níveis de insulina, menor a utilização do carboidrato como fonte de energia e maior o seu armazenamento,transformando em gordura.

Porque as gorduras emagrecem?

Como perder barriga?
As gorduras são essenciais para o funcionamento do corpo. Ao consumir pouca gordura, a perda de peso será mais difícil. O corpo manda sinais fortes seu cérebro, para que você coma até receber quantidades satisfatórias. As gorduras ajudam no transporte e assimilação de vitaminas lipossolúveis. As vitaminas essenciais — como a A, D, E, e K — desempenham papéis específicos no corpo, mas também tem um efeito sinérgico na perda de gordura.
As gorduras têm uma grande influência sobre a digestibilidade do alimento. Em particular, eles diminuem o índice glicêmico de uma refeição, retardando o processo de digestão. Os alimentos que contêm fibras têm um efeito similar.
O que acontece como resultado de comer um pouco de gordura em uma refeição é uma versão mais lenta da glicose na corrente sanguínea. Isso ajuda a manter altos níveis de insulina de modo que os ácidos graxos possam ser mais facilmente mobilizados e utilizados como combustível.
A ingestão de gordura também tem um efeito sobre a fome. Uma dieta rica em ácidos graxos essenciais, melhoram a saciedade após uma refeição. Controlar a fome é um fator determinante na perda de peso bem sucedida a longo prazo.
Com menos carboidratos na dieta, além de aumentar as gorduras, convém também aumentar as proteínas. Inclua também o ômega 3, um tipo de gordura que ajuda a eliminar gordura acumulada.

Exercícios Físicos para Perder Barriga

Como perder barriga?
Se você tem uma vida sedentária, dificilmente vai conseguir eliminar a barriga. Qualquer tipo de exercício ajuda, tanto os aeróbicos (os melhores para esta finalidade), como também os de musculação. Se você é completamente sedentário, inicie pela caminhada. Com o tempo, você sempre pode ir incluindo outros tipos de exercícios.
O melhor exercício que existe para perder a barriguinha é o exercício intervalado. Também são úteis outros exercícios como: subir escada, andar de bicicleta e pular corda.
Ao contrário do que muita gente pensa, os abdominais não queimam a gordura localizada na barriga (esse é mais um dos mitos do fitness). Abdominais são ótimos exercícios para tonificar os músculos abdominais, mas para o resultado ser visível, a gordura por cima desses músculos já deve ter sido eliminada antes.
Como perder barriga?

Mais Dicas que Podem Ajudar a Perder Barriga

  • Caso seu intestino seja preguiçoso, inclua fibras como vegetais, além de frutas e sementes como a chia e linhaça. E não se esqueça de ingerir água. Um bom funcionamento do intestino ajuda manter a barriguinha mais enxuta.
  • Tome bastante líquido durante o dia, mas evite tomá-los durante as refeições. Além de dilatar o estômago, atrapalha a acidez gástrica que, por sua vez, irá prejudicar a absorção de nutrientes, vitaminas e minerais. Isso ocasiona má digestão, fermentação e formação de gases no intestino.
  • Além da hidratar-se com água, aposte também no chá verde, que pode ajudar no processo de eliminação de gorduras.
  • Ter um bom descanso é essencial para manter a saúde. Se o corpo não tem uma pausa, acaba solicitando mais alimentos para se manter bem. O apetite aumenta juntamente com a ansiedade e acaba criando a necessidade de comer mais.
  • Mexa-se: tente incluir qualquer tipo de exercícios físicos no seu dia a dia. Às vezes não é preciso ir para a academia, basta mexer-se naturalmente.

Como Escolher um Hamster

Passos

  1. Imagem intitulada Choose a Hamster Step 1
    1
    Vá para a seção de hamsters da loja. Tente escolher uma loja pequena, pois as lojas maiores tendem a não tomar tanto cuidado dos hamsters e consequentemente eles estarão mais propensos a desenvolver doenças. No local, pegue pelo menos de dois a quatro tipos diferentes de hamsters que lhe agradarem. Eles poderão ser da mesma variedade ou não. Existem diversas espécies de hamsters, incluindo o sírio, o Roborovski, o chinês e o russo. Pesquise cada uma para descobrir qual é a mais adequada para você.
  2. Imagem intitulada Determine Your Hamster's Gender Step 3
    2
    Procure por sinais de um espécime jovem. Os hamsters vivem por cerca de dois a três anos, portanto, tente encontrar um que tenha de seis a dez semanas de vida. Um hamster mais velho será maior e terá dentes amarelados. Um jovem terá pelos finos brancos nas orelhas e dentes brancos.
  3. Imagem intitulada Choose a Hamster Step 3
    3
    Encontre um hamster saudável. Os olhos e nariz não devem apresentar sinais de cansaço. Não deverá haver arranhões ou feridas na pele, e os pelos devem estar livres de falhas. Se a parte traseira estiver molhada, pode ser um sinal de ileíte proliferativa (“cauda molhada”), uma condição fatal. Além disso, verifique se ele não apresenta orelhas rasgadas, pois isso pode significar que ele esteve em uma briga ou não recebeu os devidos cuidados.
  4. Imagem intitulada Deal With Your Hamster Dying Step 4
    4
    Peça para um empregado pegar o animal. Cuidadosamente, com dois dedos, acaricie o hamster. Se o animal parecer confortável, significa que ele ou ela está tranquilo e não desejará atacar. Fazer isso permite que o hamster perceba que você o respeita e não deseja causar mal algum.
  5. Imagem intitulada Choose a Hamster Step 5
    5
    Tente segurá-lo por conta própria. Se ele se agitar um pouco é normal, desde que pare em pouco tempo. Isso significa que ele ou ela pode não estar na posição mais confortável. Além disso, se eles não pararem isso possivelmente significa que o hamster não está em uma boa posição e não se sente seguro em suas mãos.
  6. Imagem intitulada Choose a Hamster Step 6
    6
    Leve-o para casa. Se o hamster começar a morder a caixa, isso significa que ele se sente preso. Isso é perfeitamente normal. De qualquer forma, quando chegar a casa deixe-o correr pela gaiola por um tempo, de forma que ele se acostume com o local. Além disso, não brinque com ele em um primeiro momento, mas dê petiscos da sua mão. Essa é uma forma de ganhar mais respeito.
  7. Imagem intitulada Choose a Hamster Step 7
    7
    Tente brincar com o hamster nos próximos dois dias, e deixe-o desfrutar de alguma aventura na sua casa. Quando ele estiver acostumado, tente brincar usando as mãos. Além disso, acaricie-o e segure-o bastante. Alimente-o com as mãos por dois ou três dias para ganhar mais confiança!

Dicas

  • Se for comprar uma roda, adquira uma sem barras, pois os hamsters tendem a ficar presos nelas.
  • Brinque frequentemente com o animal, para assegurá-lo do seu amor.
  • Ao levar hamsters para casa, adquira algum tipo de suporte para o material do leito e a comida.
  • Observe o quanto o hamster gosta da gaiole, saiba que os sentimentos dele importam para torna-lo seu amigo.
  • Esfregue a mão em um punho e deixe-o cheirá-la, depois o pegue gentilmente.
  • Não dê banho em hamsters. Isso removerá os óleos naturais da pele deles e poderá causar doenças ou até mesmo morte. Os hamsters se limpam naturalmente..
  • Nunca faça movimentos repentinos ou ele ficará assustado e fugir ou até mesmo arranhar.
  • Tente comprar o hamster à noite ou pela manhã, pois esses animais têm hábitos noturnos e estão mais ativos nesses horários.
  • Ao escolher um hamster, não esqueça de verificar o sexo dele.
  • Antes de pegar o hamster, tenha certeza de que ele esteja de bexiga vazia.
  • Peã para um dono de hamsters experientes ir com você, se possível.
  • Tente resgatar um animal abandonado em um abrigo.

Avisos

  • Se houver uma mudança repentina no comportamento do hamster, tente levá-lo a um veterinário, pois ele poderá estar doente.
  • Os hamsters anões gostam de morder às vezes, por isso, comece com um sírio, a menos que queira um desafio. Se não liga de ser mordido, adquira um anão. Alguns hamsters podem morder no começo, mas pararão quando estiverem acostumados com você.
  • Se escolher um hamster anão, não adquira qualquer gaiola. Escolha uma projetada para essa variedade. Todos os hamsters devem ter uma gaiola especial para eles..
  • Os hamsters ignorados podem tornar-se irritados. Se você tiver apenas uma hora livre por dia, não assuma o risco de adquirir um hamster imediatamente.

Materiais Necessários

  • Uma gaiola (com barras plásticas, de vidro ou metal)
  • Cama para hamsters e aparas de madeira
  • Casinha para o hamster
  • Garrafa de água (não em uma tigela, pois eles podem virá-las facilmente)
  • Ração para hamsters
  • Tigela de comida
  • Tubos and brinquedos de madeira
  • Bola para hamsters (mini bola para hamsters anões)
  • Peda mineral
  • Suplemento vitamínico
  • Roda de exercícios
  • Varas ou brinquedos para morder
  • Petiscos para hamsters
  • Desinfetante para gaiolas
  • Suplemento probiótico (apenas para hamsters anões)
A pior coisa é quando morre agente se apegar e meu filho adorava ele mas queria fica o tempo todo com ele mas eu também me sinto culpada porque deixei e agora um choro que não para e muita conversa criar um bicho não é facil

Quais Leave-ins estou usando no momento?

Quais Leave-ins estou usando no momento?

Quais Leave-ins estou usando no momento?
Hoje vamos falar sobre produtos para cabelos; mais especificamente leave-ins, finalizadores ou cremes para pentear. Estou usando alguns produtos que estão dando um bom resultado, por isso gostaria de compartilhar e também saber a opinião de vocês sobre algum produto legal que estejam usando.

Porque usar Leave-in?

Quais Leave-ins estou usando no momento?
A ação do tempo e as agressões do dia a dia, como vento seco, exposição ao sol e poluição, deixam os fios ressecados e sensibilizados, comprometendo o brilho e a saúde dos cabelos. O leave-in tem a função de melhorar a aparência dos fios. Os produtos atuam como um um bálsamo da beleza e proporcionam proteção solar e térmica, ação antifrizz, força e resistência, sedosidade, revitalização, brilho, maciez, reparação, condicionamento e ainda facilita o penteado.

Meus Leave-ins

Estou usando alguns leave-ins e vou contar mais detalhes para vocês. Meu cabelo é fino, com muito frizz, descolorido (luzes), com pouco volume e de ondulado a cacheado. Comprei esses leave-ins sem indicação e gostei bastante do resultado. Eu noto bastante diferença no resultado usando o leave-in nos cabelos secos ou molhados. Para mim, sempre fica melhor usar com os cabelos secos, assim sei a dose correta do produto sem exagerar, pois a quantidade também é importantíssimo para o resultado final. Só uso leave-in em cabelos molhados quando vou usar o secador.
Em geral, eu não gosto muito de indicar produtos para os cabelos, pois cada pessoa pode ter uma resposta diferente ao mesmo produto: o que pode ser uma maravilha para mim, pode não funcionar tão bem para você. Isso ocorre porque a eficiência do produto depende de muitos fatores, como: tipo do cabelo, espessura, estrutura do fio e o quão danificado está o fio. Até o pH do couro cabeludo (que varia durante o mês) interfere se um shampoo vai deixar o cabelo bonito ou não! De qualquer forma, dentre os vários produtos que testei, esses são os que funcionaram bem!
Quais Leave-ins estou usando no momento?

Organix Biotin & Collagen Root Boost Spray

Quais Leave-ins estou usando no momento?
Ele é um spray de volume para cabelos finos. Tem textura líquida, fácil de aplicar. Penetra com facilidade nos fios, mas sem deixar os fios oleosos e pesados. Aumenta a espessura dos fios, dando volume extra e textura. Apesar de ser levinho o cabelo fica um pouquinho “duro” dando uma sensação de volume. Achei bem interessante o resultado.
Contém: Pro Vitamina B7 Biotina: nutre os fios. Colágeno: Adiciona volume e corpo ás fibras. Proteínas de Trigo Hidrolisadas: fortalecem o cabelo. Silicone e Ureia: ajudam na hidratação e na retenção dela, além de proporcionar brilho.
Borrife sobre o cabelo úmido e limpo, focando na raiz. Deixe secar naturalmente ou, para um volume extra, use o secador secando o cabelo de cabeça para baixo. Ele ainda pode ser reaplicado nos fios secos para se manter o volume.
Comprei na Beleza na Web: Organix Biotin & Collagen Root Boost Spray

Lee Stafford Poker Straight Shine

Quais Leave-ins estou usando no momento?
Eu nunca faço escova no meu cabelo, pois gosto de volume e escova lisa para mim fica horrível. Mas, às vezes, eu seco de uma maneira que fica com volume, sem usar muita escova… então nessas horas é bom ter um defrizante. Comprei esse da Lee Stafford numa bela promoção. É um sérum com textura liquida, bem leve e não é oleoso. Ajuda hidratar e reduzir o frizz.
O Poker Straight Shine Serum, de Lee Stafford, é formulado com vitaminas que nutrem o couro cabeludo e ajudam a prevenir contra os danos causados pelos raios UV e trata também as pontas duplas. Seu cabelo liso, saudável e sem frizz.
Contém: Vitamina A e E, que nutrem o cabelo prevenindo os danos causados pela oxidação e pela radiação solar.
Passe uma pequena quantidade nas mãos e distribua pelo comprimento dos fios, secos ou molhados. Se aplicar antes do uso do secador, mesmo com o cabelo já seco, o brilho é em dobro.
Comprei na Época Cosméticos: Lee Stafford Poker Straight Shine

Acquaflora S.O.S EE Cream 10 em 1 Reparação Profunda

Quais Leave-ins estou usando no momento?
Comprei esse produto por curiosidade, por ser um tratamento com várias funções. É indicado para cabelos danificados.
Sua fórmula possui alto poder de penetração e, assim, restaura o cabelo preservando sua integridade. Ele renova a superfície da cutícula e diminui a porosidade, devolvendo saúde para os fios. O que o produto promete?
1. Reparação profunda da fibra
2. Ação anti-idade
3. Combate ao frizz
4. Proteção térmica
5. Brilho intenso
6. Maciez e movimento (obs: esse item não aconteceu comigo!)
7. Maior durabilidade da cor
8. Fácil desembaraço
9. Penteado mais duradouro
10. Prevenção das pontas duplas
Possui  aminoácidos biofuncionais: preenchem e recuperam as lacunas existentes na fibra capilar, resultantes dos danos sofridos e polifenóis: possuem ação antioxidante que ajuda a prevenir o envelhecimento dos fios.
Quem gosta de fios com balanço, eu não recomendo. Ele deixa o cabelo um pouco duro e encorpado. Para quem tem cabelos finos, dá uma sensação de aumento no volume. Eu gosto, já que não faço questão de cabelos com balanço. Diminui bastante o frizz também. Gostei porque fez uma diferença considerável nos fios.

2 de mai de 2016

Quais os efeitos da cafeína no organismo?

Quais os efeitos da cafeína no organismo?
Os efeitos da cafeína dentro do nosso organismo já são hoje melhor compreendidos pela ciência. Os benefícios ou prejuízos vão depender de um detalhe: a dose. Dependo da quantidade pode ser um santo remédio, ou então um veneno.
A cafeína é um composto químico classificada como alcaloide; é uma substância principalmente extraída das plantas e pertence ao grupo das xantinas.
A cafeína pode ser classificada como sendo uma substância lipossolúvel, que tem como característica ser de rápida absorção pelo trato gastrointestinal, com 100% de biodisponibilidade para o organismo.

Benefícios da Cafeína

  • Melhora o cansaço físico
  • Melhora concentração e estado de alerta
  • Diminui a fadiga mental
  • Pode funcionar como um leve antidepressivo
  • Melhora o desempenho nas atividades físicas
  • Possui efeito termogênico, ou seja, acelera o metabolismo (transforma a gordura em fonte de energia)
  • Melhora o humor
  • Atua no controle do peso
  • Pode ajudar no tratamento de diabetes
A cafeína também pode ser especialmente benéfica para pele e cabelos; confira o post Benefícios da Cafeína para a Beleza.
Quais os efeitos da cafeína no organismo?

Como a cafeína age no corpo?

Após ser absorvida e metabolizada no fígado, a substância percorre todo o corpo e atua sobre todos os sistemas do organismo por um período de tempo que varia entre 4 e 6 horas. Ligando-se às células nervosas, ela age sobre o sistema nervoso central, estimulando a concentração, melhorando o humor e diminuindo a sensação de fadiga após a atividade física e mental.
Ao estimular o sistema nervoso, faz algumas funções do organismo, como o metabolismo basal, por exemplo, ficarem aceleradas. Essa aceleração aumenta a produção de suco gástrico e facilita a digestão. Também faz as glândulas suprarrenais produzirem mais adrenalina que, quando despejada na corrente sanguínea, deixa o corpo todo em estado de alerta.
Com essa ação sobre o sistema nervoso central, a cafeína inibe e bloqueia os efeitos da adenosina. Desta maneira, a força dos músculos esqueléticos é acentuada, há melhora do estado de alerta e diminuição da sensação de fadiga. É uma substância de alto potencial ergogênico, que aumenta consideravelmente o potencial para a prática esportiva ou física.
Com a cafeína, aumenta também a concentração de beta-endorfinas. Com isso, pode diminuir a sensação de dor. Isso faz com que exercícios mais intensos e extenuantes possam ser feitos por mais tempo.

Quanto consumir de cafeína por dia?

A sugestão de estudos é que não devemos ingerir mais de 300 mg por dia (alguns estudos sugerem no máximo 200 mg/dia). Por exemplo: de 2 a 3 xícaras de café, ou 5 a 6 latas de refrigerantes cafeinados.
Em excesso, a cafeína pode causar agitação, irritabilidade, ansiedade, dor de cabeça, insônia e problemas gastrointestinais. Também causa a contração das veias e artérias o que dificulta a circulação sanguínea e acelera os batimentos cardíacos.
Existem casos de intoxicação, que pode causar: vômito, diarreia, letargia – diminuição da atividade das funções intelectuais, acompanhada de uma sensação de desorientação. Nos casos mais extremos, a agência adverte que a overdose pode provocar a morte.

Onde encontramos a cafeína?

A cafeína é encontrada em certas plantas e utilizada para o consumo em bebidas, na forma de infusão e como estimulante. É extremamente solúvel em água quente, não tem cheiro e apresenta sabor amargo. Encontramos a cafeína no café, chá preto, chá mate, chá verde, bebidas a base de cola, guaraná, cacau e chocolate.

Suplementação de Cafeína

Quais os efeitos da cafeína no organismo?
Quando o assunto é suplemento alimentar, o uso da cafeína foi liberada pela Anvisa em 2010. Como curiosidade, ela era proibida pelos comitês de anti-dopping no mundo todo, mas isto foi revisto e hoje ela possui dosagens permitidas para praticamente todos os esportes. Ou seja: quem pratica esportes profissionalmente pode beber café, porém em pouca quantidade.
A cafeína é um dos principais componentes dos termogênicos, que prometem dar mais pique na hora de treinar além de acelerar o emagrecimento. Também é vendida de forma concentrada em cápsulas. A suplementação só é indicada em casos específicos, é preciso consultar um médico para avaliar seu caso.

Quem deve evitar o uso da cafeína?

Pessoas que tem sensibilidade a dor de cabeça, que são estressadas e irritadas, que tem gastrite, arritmias cardíacas, hipertensão arterial e problemas com insônia, devem evitar o uso da substância. Também é restrita a idosos, crianças, gestantes e mães que estão amamentando.

Cafeína e Analgésicos

Quais os efeitos da cafeína no organismo?
Você já se perguntou por que os medicamentos analgésicos colocam cafeína na composição? A substância é classificada como uma xantina natural, e age inibindo a ação de uma enzima chamada fosfodiesterase, envolvida no processo doloroso. Assim, é necessário um estímulo maior para que a pessoa sinta dor.
Os efeitos analgésicos da cafeína são ainda mais intensos quando se trata de dor de cabeça. Isso porque, além da ação sobre a fosfodiesterase, a substância tem também um efeito vasoconstritor. E, no geral, as cefaleias estão associadas à dilatação dos vasos que ficam ao redor do cérebro. A substância ajuda a tratar a cefaleia associada à tensão, com resultados ainda melhores se for tomada com ibuprofeno. Para que seus efeitos sejam potencializados, é melhor adicioná-la à fórmula do medicamento, em vez de consumí-la como bebida.

Como cuidar da pele com rosácea?

Como cuidar da pele com rosácea?

Como cuidar da pele com rosácea?
A rosácea é uma doença inflamatória de pele crônica, cujos sintomas envolvem áreas de vermelhidão na pele e lesões inflamadas, especialmente nas bochechas, nariz, testa e queixo. Muitas vezes começa entre as idades de 30 e 50 anos e afeta mais mulheres do que homens.
Quando os primeiros sintomas aparecem, podem ser confundidos com queimaduras solares. Conforme a doença se agrava, a vermelhidão torna-se mais duradoura e óbvia.
A rosácea provoca vermelhidão no rosto e pode produzir pequenas elevações na pele, semelhantes à acne, daí também ser chamada por alguns de acne rosácea.
A rosácea é considerada uma doença crônica da pele, incurável e se caracteriza por alternância entre períodos de melhora e agravamento. Ao contrário da acne comum, a maioria dos pacientes com rosácea não melhora com o passar dos anos, pelo contrário: se não houver tratamento, a doença torna-se cada vez mais evidente.

Sintomas da Rosácea

  • Vermelhidão facial. Pequenos vasos sanguíneos no nariz e bochechas muitas vezes incham e tornam-se visíveis.
  • Protuberâncias no rosto que se assemelham a acne.
  • Secura ocular e pálpebras avermelhadas, com irritação e inchaço.
  • Nariz alargado. Raramente, a rosácea pode engrossar a pele do nariz, fazendo com que ele adquira um aspecto grosseiro.
Como cuidar da pele com rosácea?

Tipos de Rosácea

Existem cinco subtipos de rosácea, que variam conforme ela se manifesta:
  • Eritemato telangectasia: A pele adquire um tom avermelhado, rosado e diminutos vasos (telangectasias) se tornam evidentes, principalmente na região centro facial, próximo às laterais do nariz. O avermelhamento pode ser agravado por vários fatores, entre eles: o álcool, sol, estresse, exercícios físicos e calor. Quem possui a rosácea pode ter a sensação de estar com a pele pinicando ou queimando. Neste caso, a pele é mais sensível e não se pode utilizar creme abrasivos ou ácidos.
  • Rosácea pápula pustulosa: Nesse tipo de rosácea, soma-se ao tom avermelhada o aparecimento de lesões pápulo-pustulosas em surtos, como se fossem espinhas. Nesse tipo, a rosácea lembra a acne – tanto que por muito tempo foi chamada de acne rosácea.
  • Rosácea ocular: atinge a região dos olhos. Cerca de 20% dos casos são descobertos em visita a um oftalmologista. O indicativo da doença é uma inflamação (chamada de blefarite) com avermelhamento e descamação na área dos cílios. Este tipo é o mais grave, pode evoluir para a perda da visão.
  • Granulomatosa: Sua característica principal é o aparecimento de pequenos nódulos acastanhados na face. Cerca de 15% dos pacientes com a doença podem ter lesões em outros locais. Seu diagnostico é difícil e requer um alto grau de suspeição por parte do dermatologista
  • Rosácea fimatosa: Esse é o tipo menos frequente de rosácea. Seria um estagio final da doença. A pele torna-se espessada, endurecida e avermelhada, com poros dilatados. A rosácea fimatosa é caracterizada pelo aumento e infiltração de áreas como as glândulas sebáceas do nariz e é comum em homens com mais de 50 a 60 anos.

Causa da Rosácea

A causa da rosácea ainda não é totalmente conhecida, mas estudos apontam para uma combinação de fatores hereditários e ambientais. Sabe-se que a doença surge por uma combinação de vários fatores, entre eles, anormalidades no sistema imunológico, reações inflamatórias a microrganismos da pele, lesões por raios ultravioleta e disfunção dos vasos sanguíneos.
Para a rosácea mais comum, algumas práticas simples já pioram o problema, entre elas: bebidas alcoólicas, temperaturas extremas, exposição ao sol, estresse, exercício extenuante e muito banhos quentes.
Nas pesquisas sobre os mecanismos fisiopatológicos causadores da rosácea, a teoria mais aceita no momento é a de que o sistema imunológico inato, que é a primeira linha de defesa do nosso complexo sistema imunológico, age de forma intensa quando exposto a determinados estímulos externos, como raios solares, traumas físicos ou químicos, ou germes presentes na pele. Esta resposta anômala do sistema imunológico inato provoca inflamação da pele e dilatação dos seus pequenos vasos sanguíneos mais superficiais, levando à vermelhidão, sensação de calor e ao aparecimento de pequenos vasos no rosto.
Entre os germes que podem estar relacionados à rosácea, dois se destacam: o ácaro Demodex folliculorum e bactéria Bacillus olenorius, ambos normalmente presentes na nossa pele.
Como cuidar da pele com rosácea?

Tratamento da Rosácea

A rosácea, a princípio, não tem cura. No entanto, com o tratamento adequado, a maioria das pessoas consegue controlar os sintomas e evitar que a doença se agrave. Alguns tratamentos utilizados:
  1. O tratamento do tipo mais comum é feito com produtos tópicos, como metronidazol 0,75%, ácido azelaico 0,75%, peróxido de benzoíla e retinoides tópicos. O objetivo principal do tratamento é diminuir a inflamação do paciente, usando as substâncias citadas cerca de 1 a 2 vezes por dia.
  2. Uma alternativa é a utilização de oximetozolina e da brimonidina. Ambos diminuem e controlam o flushing (vermelhidão). É bom lembrar que eles não curam a rosácea, mas diminuem o sintoma do avermelhamento. Os inibidores da calcineurina também melhoram a inflamação.
  3. Também é bastante útil o uso do laser ou da luz pulsada para vasos. A luz do laser atinge os vasos, promove sua destruição e clareia a região. Os tipos de laser mais utilizados são o Pulsed Dye Laser e NdYag. O tratamento para rosácea com laser é feito em consultório dermatológico, e destrói os vasos de sangue visíveis no rosto que causam a vermelhidão na pele, assim como o tratamento com luz pulsada.
  4. Alguns antibióticos em comprimidos possuem propriedades anti-inflamatórias e ajudam no controle da inflamação, podendo ser usados nos casos de rosácea pápulo-pustulosa. Os mais comuns são tetraciclina, minociclina e eritromicina.
  5. A isotretinoína é uma medicação habitualmente usada nos casos de acne severa, mas que também é útil nos casos graves de rosácea, que não respondem ao tratamento inicial.
Somente um médico pode dizer qual o medicamento mais indicado para o seu caso, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento. Siga sempre à risca as orientações do seu médico e nunca se automedique. Não interrompa o uso do medicamento sem consultar um médico antes e, se tomá-lo mais de uma vez ou em quantidades muito maiores do que a prescrita, siga as instruções na bula.

Cuidados em casa

Além de evitar os fatores agravantes e seguir o tratamento indicado pelo dermatologista, adotar hábitos simples ajuda a combater a sensibilidade da pele. É recomendado o uso de protetor solar, sabonete com enxofre e pH fisiológico, além de borrifamento com água termal.
Quem gosta de maquiagem para disfarçar a vermelhidão do rosto deve preferir produtos hipoalergênicos, corretivo e base em tom verde, que neutraliza a cor vermelha da rosácea. É melhor do que usar uma camada muito grossa de base, que pode irritar ainda mais a pele.
No tratamento natural para rosácea, o gel de aloe vera e a água de rosas tem sido usados para aliviar e prevenir os sintomas da rosácea na pele, assim como o pepino pode ser usado para diminuir a sensibilidade dos olhos para tratamento da rosácea ocular. Estes tratamentos naturais são recomendados para prevenir os sintomas da rosácea, com o benefício de não provocar efeitos colaterais como os outros tratamentos.

Cosméticos para Rosácea

Os cosméticos não vão resolver o problema, eles são como coadjuvantes no tratamento e ajudam muito a manter a aparência da pele saudável.
Para mais informações sobre cada produto, os links abrem em uma nova janela ou aba de seu navegador. Essa é uma pesquisa dos produtos mais eficientes e recomendados, e os links são todos para lojas confiáveis.