26 de out de 2016

Spirulina: Alga Proteica Superpoderosa para Imunidade

A spirulina é uma espécie de bactéria, também considerada como microalga, que é riquíssima em proteína (75% dela) e considerada um superalimento por muitos. A spirulina é usada como suplemento alimentar para enriquecer a dieta. Além disso, ela é super indicada para fornecer nutrientes para quem faz dieta hipocalórica.
A principal função da spirulina é colaborar para o fortalecimento do sistema imunológico, mas ela também ajuda a regular a glicemia, tem ação antioxidante e atua na destoxificação (eliminação de toxinas), além de aumentar a sensação de saciedade e amenizar processos inflamatórios.

Propriedades da Spirulina

Contém vitaminas, especialmente as do complexo B (anti-stress), e diversos sais minerais. A spirulina é uma das mais concentradas fontes de ferro, oferecendo 28 vezes a quantidade presente no fígado de boi. De acordo com pesquisas, o tipo de ferro existente na spirulina é duas vezes mais biodisponível do que o ferro presente nas carnes, tornando-a um excelente aliado para aqueles que sofrem de anemia. A spirulina também apresenta quantidades significativas de betacaroteno, substância que pode ser convertida em vitamina A.
Rica também em carotenoides (alfa, gama e beta), cálcio (8x a quantidade presente no leite de vaca), manganês, cromo e selênio, a spirulina possui em seu pigmento azulado (Phycocianina) propriedades altamente benéficas para o organismo. A spirulina é a mais rica fonte nutricional de GLA, um ácido graxo essencial raramente encontrado em alimentos comuns.
A spirulina ainda tem efeito antiviral, antioxidante e anti-inflamatório.
  • Fortalece a imunidade, por isso é útil na manutenção da saúde.
  • Dá mais disposição, pois é fonte de energia.
  • Ajuda na prevenção de acidentes vasculares e infecções.
  • Promove alívio nos sintomas de TPM.
  • Contém fenilalanina, que estimula a saciedade. Ela forma uma espécie de gel no estômago, que desacelera o esvaziamento gástrico e diminui a fome.
  • Os antioxidantes da spirulina ajudam a combater os radicais livres e auxiliam nos processos inflamatórios, ajudando a manter a pele jovem e prevenindo doenças como o câncer.
  • Riquíssima em cálcio, a spirulina é uma importante aliada no fortalecimento dos ossos, contribuindo na prevenção da osteoporose.
  • A spirulina contém ácidos graxos essenciais da família do ômega 6. O principal deles é o gama-linolênico, que notoriamente ajuda a reduzir e prevenir o acúmulo de colesterol.
  • Ajuda nas alergias: a spirulina interrompe a liberação de histaminas, substâncias que contribuem para os sintomas alérgicos, como nariz escorrendo, olhos lacrimejantes e coceiras.Pode ser utilizada na forma de pó ou em cápsulas. A em pó pode ser utilizada no suco verde, vitaminas, suco de frutas ou com água.
    Em cápsulas a dosagem sugerida é de 3 mg. A dose pode ser dividida ao longo do dia, nas diversas refeições.

    Contra Indicação da Spirulina

    Pessoas com doenças autoimunes tais como a esclerose múltipla, lúpus, doença de Cronh, artrite reumatoide e fibromialgia, por exemplo, devem evitar o consumo de spirulina. Ela ativa o sistema imunológico e pode diminuir a eficácia de medicamentos imunossupressores. Além disso, a spirulina contém fenilalanina, um verdadeiro perigo para portadores da fenilcetonúria.
    A cápsula também é contraindicada para crianças e mulheres grávidas ou que estejam amamentando.
    A spirulina pode ser encontrada em lojas de produtos naturais, mas atenção: cuidado na hora de comprar sua spirulina, é preciso que ela procedência confiável. Muitas possuem agentes contaminantes como metais tóxicos e bactérias nocivas que poderiam causar danos ao fígado, náuseas e vômitos. Infelizmente não é fácil saber com certeza se uma spirulina é de boa procedência mas, na medida do possível, é sempre importante estar atenta à qualidade do produto!
Postar um comentário