16 de ago de 2015

Você conhece a técnica Co-wash para lavar os cabelos?

O Co-wash é uma técnica para lavar os cabelos que dispensa o uso de shampoo, usando apenas o condicionador.
Os sulfatos, encontrados na grande maioria dos shampoos, são agentes responsáveis pela limpeza e pela espuma. Porém, além de tirar a sujeira dos fios, tiram também os óleos naturais e os lipídios do cabelo. Foi em função desses danos que surgiram técnicas como o co-wash, com produtos que não contêm elementos indesejados como os sulfatos, derivados de petróleo, óleos minerais, vaselina, parafina líquida ou silicones insolúveis.

Qual o resultado do Co-wash?

Se seu cabelo está muito ressecado, ou danificado por processos químicos, essa técnica pode ser uma maneira de recuperar a vitalidade e saúde do cabelo, sem recorrer a hidratações e outros tratamentos de salão.
O Co-wash vem conquistando principalmente quem tem cabelos crespos e cacheados, que já possuem a proteção natural reduzida: o sebo produzido no couro cabeludo não consegue atingir as pontas dos cabelos espiralados, os ressecando com mais facilidade. Segundo as adeptas desse procedimento, o cabelo fica mais macio, hidratado e com menos frizz.
Eu testei a técnica e achei muito interessante o resultado no cabelo. O cabelo ficou macio e hidratado, e não ficou oleoso. Pretendo incluir pelo menos uma lavagem na semana com a técnica. Usei o condicionador da Lola Creoula, específico para co-wash.

Para qual tipo de cabelo é indicado?

É especialmente indicado para cabelos quimicamente tratados, com mechas ou luzes, ressecados, cacheados e crespos. Evite fazer em cabelos oleosos.
Se você lava os cabelos todos os dias e tem cabelos tingidos, é interessante intercalar a técnica com a lavagem convencional com shampoo, assim a tinta dura mais tempo.

Como fazer o Co-wash?

  1. Molhe os cabelos com água morna e massageie por alguns minutinhos. Assim, a gordura do couro cabeludo vai sair.
  2. Retire o excesso de água, de preferência com uma toalha. O excesso de água no fio não deixa o condicionador penetrar no fio.
  3. Passe o condicionador na raiz e em todo o comprimento até as pontas (não economize produto!), massageando bem o couro cabeludo para ativar a circulação e limpar bem.
  4. Massageie as mechas de cima para baixo para limpar os fios com o condicionador.
  5. Em seguida, enxágue sem deixar excesso de condicionador nos cabelos. Você pode usar outro condicionador mais concentrado (sem óleo mineral) nas pontas e enxaguar.
Opcional: se você gosta de uma sensação de limpeza e frescor, você pode acrescentar óleos essenciais no condicionador para fazer a lavagem. Alguns óleos apropriados são: copaíba, tea tree, cedro, laranja, limão ou lavanda. Pode acrescentar umas 3 gotinhas, na mão mesmo, misturando com o condicionador antes de passar nos cabelos.
Juntamente com o Co-wash, é recomendado fazer uma limpeza profunda com shampoo antirresíduo ou detox capilar a cada 15 dias.
O co-wash é mais uma técnica que está a disposição para ser usada por todas: não estou dizendo que é o jeito certo ou errado de lavar o cabelo; é apenas mais uma alternativa a ser considerada e testada.

Quantas vezes fazer o co-wash?

No início, o cabelo pode parecer estranho após o co-wash: pode coçar e ficar oleoso, mas é apenas uma fase de adaptação.
Os shampoos e máscaras tradicionais (com sulfatos e derivados de petróleo) “mascaram” o cabelo: se você usa esses produtos há muito tempo, pode ser que já não conheça o estado real do seu cabelo. Por isso é necessário esse tempo para você e seu cabelo se acostumarem.
A frequência do uso da técnica depende de quão adaptada você está. Pode ser usado todos os dias, ou intercalando as lavagens com co-wash e shampoo. Outra possibilidade é fazer o co-wash apenas uma vez na semana.

Condicionadores Indicados para Co-Wash

O condicionador tem agentes emolientes que limpam sem ressecar. Mas atenção: deve-se evitar o uso de condicionadores com petrolatos e silicones insolúveis para a técnica dar certo. Esses produtos formam uma película que impede que a água e outros nutrientes penetrem e hidratem o fio.
É justamente por causa de tais proibições que quem adere à técnica costuma se tornar expert em ler rótulos; tudo para garantir que o produto é adequado. Alguns ativos que entram na lista de vetados são "petrolatum", "mineral oil", "paraffinum liquidum", "isoparaffin", "isododecane", "dimethicone""silicon", "dodecane" e "alkane".
Usar um condicionador qualquer pode acarretar problemas no couro cabeludo, como dermatite seborreica e queda. Por outro lado, se tiver um agente de limpeza na composição, como o derivado do coco ‘cocamidopropyl betaine’, melhor, pois confere uma limpeza mais profunda.

Algumas sugestões de produtos para fazer Co-wash

1 / 11
  1. Pantene Truly Natural Co-Wash Conditioner
  2. Condicionador Surya Brasil Frutas
  3. Condicionador Elsève Colágeno
  4. Yamasterol branco ou amarelo
  5. Condicionador Lavanda Herbia
  6. Condicionador Pracaxi Andiroba Cativa
  7. Condicionador Surya fixação da cor
  8. Ouidad Curl Co-Wash
  9. TRESemmé Naturals
  10. Condicionador Lola Creoula Cachos Perfeitos (o que eu testei)
  11. Co Wash No Poo Lola Curly Wurly Cabelos Cacheados
Postar um comentário