8 de nov de 2014

Óleo de Prímula: Um Poderoso Aliado na Saúde Feminina

Óleo de Prímula: Um Poderoso Aliado na Saúde FemininaVocês conhecem o óleo de prímula? Mesmo para quem já conhece, geralmente quando se pensa em óleo de prímula, logo se pensa em alívio dos sintomas da TPM e da menopausa. Mas o óleo de prímula vai muito além disso.
O óleo de prímula é extraído das sementes dessa planta nativa da América do Norte. É conhecido por regular os hormônios femininos, em destaque para os períodos pré-menstruais e na menopausa. Essa planta arbustiva é conhecida em sua região natal como “evening primrose”, que significa que as suas flores amarelas delicadas tendem a abrir ao entardecer. O óleo extraído das sementes é comercializado por todo o planeta.
O óleo de prímula é rico em ácidos graxos essenciais (como o ácido gama-linolênico), que não são fabricados pelo corpo naturalmente.
O óleo de prímula é rico em um tipo de ômega 6, o ácido gama-linoléico (GLA). Ele é considerado um ácido graxo essencial, já que não é produzido normalmente pelo corpo. No caso do GLA, o corpo o utiliza para produzir uma prostaglandina (E1), que alivia inflamações e fortalece o sistema de defesas do organismo.

Como o óleo de prímula age na TPM?

Muitas mulheres sofrem com as alterações causadas por causa da tensão pré-menstrual. Em função do óleo de prímula ser rico em ácido linoléico GLA, ele interfere na produção de prostaglandinas inflamatórias liberadas durante a menstruação, por isso também é muito útil em diminuir as cólicas menstruais.
O óleo também pode minimizar a sensibilidade mamária pré-menstrual, cólon irritável, compulsão por carboidratos e ajudar a controlar a inflamação associada à endometriose. Na menopausa, é amplamente relatado que o óleo de prímula reduz afrontamentos e aumenta a sensação de bem-estar.
Além de acalmar os hormônios femininos, o ácido linolênico é também responsável pela produção de prostaglandina, que ajuda a favorecer a pele. Com isso é possível usar o óleo de prímula para tratar inflamações, fortalecer o sistema imunológico, combater oenvelhecimento precoce e alguns estudos até sugerem que pode atuar no combate docâncer de mama.
Óleo de Prímula: Um Poderoso Aliado na Saúde Feminina

Mais Benefícios do Óleo de Prímula

  • É fornecedor dos ácidos LA e GLA, responsáveis pela boa manutenção do organismo.
  • Atua como regulador da temperatura do corpo, regulando também a energia gasta pelo organismo nas atividades diárias.
  • Contém fenilalanina, composto que alivia a dor e está cada vez mais sendo usado para tratar dores de cabeça crônicas.
  • Previne o envelhecimento precoce e ajuda manter a pele saudável e bonita.
  • Ajuda a diminuir a dor da artrite e reduzir a inflamação, especialmente nos casos de artrite reumatóide.
  • Os ácidos graxos essenciais no óleo de prímula podem reduzir o risco dos poros ficarem entupidos e desenvolver lesões. Ajuda a tratar rosácea, reduzindo a inflamação, controla a proliferação da acne.
  • Possui prostaglandinas que reduzem inflamações e fortalecem o sistema imunológico do organismo.

Como consumir o óleo de prímula?

Óleo de Prímula: Um Poderoso Aliado na Saúde Feminina
Normalmente encontramos o óleo de prímula em forma de cápsulas. A dose diária recomendada fica entre 500mg a 1000mg, mas pode variar de pessoa para pessoa. Ao tomar o óleo de prímula, seria bom incluir também o consumo do ômega 3, já que o óleo de prímula contém ômega 6 e é importante manter o equilíbrio (mais detalhes no artigo sobre ômega 3).
Idealmente, antes do uso é aconselhável procurar orientação de um nutricionista para indicar a dose diária. Para aproveitar melhor os benefícios é melhor tomar as cápsulas diariamente.

Contraindicações e Efeitos Colaterais da Prímula

A prímula não deve ser utilizada durante a gravidez. É contraindicada para pessoas que sofrem de epilepsia, distúrbios hemorrágicos e esquizofrenia. É bem raro apresentar efeitos colaterais.

Onde comprar?

Ao comprar seu óleo de prímula, confira bem a procedência do produto, infelizmente existem muitos produtos falsificados ou duvidosos no mercado. Prefira as embalagens mais escuras, o que evita a oxidação do óleo. E, se possível, prefira um óleo orgânico (eles são mais caros, porém são mais confiáveis — como este aqui). Você encontra as cápsulas de óleo de prímula em farmácias e lojas de produtos naturais. Se quiser a opção de comprar em loja virtual, eu recomendo a Natue, com uma rica seleção.
E você, já conhecia o óleo de prímula? eu já tomei e gostei eu tinha muitas cólicas menstruais e ajudou muito*
Postar um comentário