28 de nov de 2014

Meu traquina&

Oi, meu nome como vocês sabem é Danielle tenho um pequeno de 4 aos e todo dia e aprendendo que agente deve olha a vida com outro olhos e que as crianças ensinam vocês mais do que vocês ensina ele , claro que agente deve ensina a acredita em si mesma e se quebra uma coisa não tem problema , na hora claro que agente fica com raiva mais isso não importa o importante é que ele não se machuque e que aquilo não é mais importante do que ele, ele é teimoso é mais eu acho que isso vai passa se não passa um dia passa esse ano eu deu muita colher de chá pra ele deixe ele monta em mim , mais isso não é bom nem para ele nem para mim assim ele não sabe quando falo sério ele levar tudo na brincadeira e um palhacinho então eu vou aprendendo a criar ele claro que não nasci sabendo eu erro sempre e é com erros que agente aprendem: escolhi esse poema para ele meu amor que Deus proteja você sempre e me de forças para cuida de você: 
POEMINHA SENTIMENTAL 

O meu amor, o meu amor, Maria
É como um fio telegráfico da estrada
Aonde vêm pousar as andorinhas...
De vez em quando chega uma
E canta
(Não sei se as andorinhas cantam, mas vá lá!)
Canta e vai-se embora
Outra, nem isso,
Mal chega, vai-se embora.
A última que passou
Limitou-se a fazer cocô
No meu pobre fio de vida!
No entanto, Maria, o meu amor é sempre o mesmo:
As andorinhas é que mudam.
Postar um comentário