16 de ago de 2014

Dieta Normal para Crianças – 1 a 11 Anos de Idade:

A nutrição de crianças significa fornecer ao seu filho nutrientes suficientes entre o primeiro e os 11 anos de idade. Todos os anos a criança irá crescer e as suas necessidades de nutrientes irão sendo alteradas. Os nutrientes são as calorias, as proteínas, as gorduras, as vitaminas e os minerais. O fornecimento de uma dieta saudável à criança é vital para o seu crescimento, desenvolvimento e para a manutenção de um bom peso para a sua idade. As crianças aprendem através da observação, razão pela qual o seu exemplo é importante para lhe ensinar a ter bons hábitos alimentares.
As crianças poderão, por vezes, não querer comer ou poderão querer comer de forma excessiva os alimentos errados. Evite utilizar os alimentos como forma de castigo ou de recompensa. Tente encontrar outras formas de alterar os seus maus comportamentos. Crie um ambiente calmo e agradável às refeições. As ideias seguintes poderão ajudar a criança a comer uma dieta saudável que a mantenha activa e em constante crescimento.

Atitudes:

Nesta idade, as crianças costumam ser bastante activas. Os seus corpos necessitam de nutrientes numa base regular, mesmo que não sintam fome. Dê-lhes uma refeição ou lanche quatro a cinco vezes por dia. Ficará assim com a certeza que a criança tem energia suficiente para brincar e para crescer. Faça exames regulares à criança para se certificar que o seu ritmo de crescimento é o mais adequado. O médico poderá ajudá-lo a encontrar a quantidade de calorias ingeridas pela criança e a verificar se essa quantidade é excessiva ou insuficiente para a sua idade e tamanho. Necessidades de nutrientes: A quantidade de calorias e de proteínas necessárias à criança depende da idade e do peso em quilos.

Calorias

Da nascença aos três anos: cerca de 100 calorias por kg
Dos quatro aos seis anos: cerca de 90 calorias por kg
Dos sete aos 11 anos: cerca de 70 calorias por kg

Proteínas

Da nascença aos três anos: cerca de 1,2 gramas por kg
Dos quatro aos seis anos: cerca de 1,1 gramas por kg
Dos sete aos 11 anos: cerca de 1 grama por kg
Vitaminas e minerais: A criança não necessitará de tomar vitaminas ou minerais extra desde que se alimente com uma dieta equilibrada. Consulte o seu médico antes de fornecer à criança qualquer suplemento de vitaminas ou de minerais.

Alteração dos hábitos alimentares:

Com um ano de idade, a criança deverá começar a alimentar-se sozinha à mão. Poderá, por vezes, mostrar-se mais interessada pelo mundo que a rodeia do que em comer. A alteração da textura, do formato e do sabor dos alimentos ajudará a evitar que a criança se sinta entediada e que se recuse a comer.
Com dois ou três anos de idade, a criança poderá já ter preferências relativamente aos alimentos que mais gosta ou de que não gosta. Estas preferências poderão alterar-se todas as semanas. Esta situação não constitui qualquer tipo de problema a menos que a criança deixe de ganhar peso ou de crescer. Alimente a criança com uma grande variedade de alimentos. Incite-a a comer diversos alimentos de cada grupo alimentar diariamente.
Com quatro a seis anos de idade, a criança poderá necessitar de muito tempo para comer. O facto de brincar com brinquedos ou com outras crianças poderá distrai-la das refeições. Se a criança não quiser comer determinados alimentos, não faça disso um problema. Tente dar-lhe o mesmo alimento passados alguns dias ou passadas algumas semanas. Se a criança recusar uma refeição, tente novamente no próximo lanche ou refeição.
Com uma idade entre os sete e os 11 anos, a criança irá alimentar-se normalmente de acordo com o apetite que tiver. Quando tiver fome comerá o suficiente para manter o seu peso e o seu nível de energia. Elogie os seus hábitos alimentares mas limite-se a ignorar o seu mau comportamento alimentar às refeições.

Escolhas dos grupos alimentares:

Dê à criança pelo menos uma dose diária de alimentos ricos em vitamina C. Os melhores exemplos são os citrinos e respectivos sumos, tomates, batatas e pimentos verdes. A criança poderá necessitar de uma dose diária de alimentos ricos em vitamina A. Estes incluem espinafres, abóbora, cenouras ou batata-doce. Até aos dois anos de idade, a criança deverá tomar leite integral e produtos lácteos gordos para se certificar que o seu sistema nervoso tem um desenvolvimento saudável.
Dê à criança leite com 2% de gordura e produtos lácteos com baixo teor de gordura após os dois anos de idade de forma a limitar a ingestão de gorduras saturadas. Escolha, igualmente, carnes, peixes e aves magras para a alimentação da criança. Evite os alimentos fritos e as sobremesas ricas em gordura excepto nas ocasiões especiais. Tamanho da dose: Use a lista do tamanho das doses abaixo para medir as quantidades de líquidos e de alimentos.
Postar um comentário