28 de jul de 2014

Papo de vagina : Como acabar com mal cheiro da vagina.

Nada pior que aquele mal cheiro na vagina então fui atras de algumas receitas caseiras e o que pode ser , vamos nessa?

Candidíase:A candidíase não pode ser curada somente através das alterações da alimentação, porém é de fundamental importância para a eficácia do tratamento. A alimentação garante que a cândida não cresça ou que tenha um crescimento insignificante.
O mais importante no que se refere ao tratamento da infecção pela cândida é melhorar a função digestiva e o sistema imunológico, assim a cândida não encontrará ambiente propício para o seu crescimento excessivo.

Pontos importantes:
Probióticos: são as bactérias intestinais benéficas que residem no nosso intestino e funcionam como um antibiótico natural contra bactérias patogênicas, vírus e fungos como a cândida. Para isso é importante que estejam em equilíbrio na nossa microflora.

Alimentos alcalinos: Alguns alimentos alcalinos: batata, legumes, frutas, creme de leite, água natural, tomate cru, temperos como orégano, salsinha, coentro, manjerona, tomilho, sálvia, mostarda, pimenta, páprica etc.

Cebola e alho: são efetivos no combate tanto da cândida quanto de parasitas. Devem ser consumidos na forma crua ou em suplementos de óleo ou extrato de alho. O processamento do alho em cápsulas provoca perda de parte de sua atividade antifúngica. A alicina é o elemento essencial no óleo de alho, responsável pelas propriedades terapêuticas antibacterianas, antiinflamatórias e antifúngicas. Utilizar diariamente durante 1 a 3 meses.Óleos: O óleo de peixe tem atividade antifúngica comprovada, havendo também benefícios através da ingestão de peixes como truta, salmão, sardinhas, atum e bacalhau por pelo menos 3 vezes/semana. O Óleo de semente de linhaça é boa fonte de ácidos graxos Omega 3 e 6. pode consumir 1 colher (sopa) por dia.

Coma verduras: Uma alimentação equilibrada, com muita salada verde-escura no almoço e no jantar é a salvação das bactérias amigas. A folha verde tem muitas fibras, auxilia na fermentação das boas bactérias, mantém o pH do intestino adequado e, por conseqüência, destrói os fungos.

Vitaminas e minerais: o sistema imune necessita de alguns nutrientes para o seu bom funcionamento como a vitamina A, beta caroteno, vitamina E, iodo, selênio, zinco, ácido fólico e biotina. Esta última é uma das vitaminas do complexo B, e também tem atividade evitando a conversão da cândida na sua forma mais invasiva.

EVITAR
Açúcar
Deve ser evitado, pois além de nutrir a Cândida, o doce modifica o pH intestinal.

Fermentados
Vinho e cerveja são bebidas fermentadas pela ação dos fungos. Em uma situação normal, isso não significa nenhum problema para o seu organismo, porém, enquanto estiver com candidíase, todos os alimentos que contém fungos devem ficar de fora do seu cardápio. Isso inclui todos os tipos de cogumelos, vinagres e produtos que o incluem (ketchup, mostarda, azeitona e picles) e massas com fermento biológico (pão, pizza e torta).

Frutas com moderação
É liberado o consumo de até quatro porções por dia. Apenas o melão e a melancia devem ser excluídos da dieta, já que podem conter fungos (aquela cobertura branca sobre as sementes). Fungos estão presentes também em todos os tipos de frutas secas, que devem ser substituídas pelas frescas durante a crise.
Cuidado também com as frutas cítricas: abacaxi, tangerina, framboesa, jabuticaba, laranja, limão, romã, nêspera, ameixa - preta, ameixa - amarela, cidra, lima,
Frutas com menor grau de acidez: caju, caqui, cereja, damasco, goiaba, maçã, maracujá, manga, pêra, pêssego, uva, morango, carambola. Alimentos ácidos
Os alimentos que produzem acidez são o açúcar, arroz polido (branco), bebidas alcoólicas, café, doces (chocolates, bolos, tortas, sorvete, bala, adoçados com açúcar), refrigerantes normais e todos cereais descascados. Alguns alimentos ácidos: aves, caldo de carnes, carnes e miúdos, ovos (a gema é alcalina), tomate cozido, queijos, chá preto e aromáticos.

Carboidratos
Os carboidratos refinados e simples, como biscoito, arroz, macarrão e pão branco viram açúcar rapidamente no organismo. Os produtos refinados podem ser substituídos pelos integrais, mas nas crises agudas devem ser cortados completamente. Leite e seus derivados também ficam afastados da sua alimentação. A lactose é um tipo de açúcar. O leite pode ser consumido 1x/dia. Evite o iogurte.

Líquidos com a refeiçãoOs líquidos durante as refeições podem atrapalhar o processo digestivo e tirar o equilíbrio da flora intestinal. Tome líquidos apenas uma hora depois das refeições. Depois disso fique à vontade. O organismo precisa de pelo menos 2 litros e meio de água por dia para eliminar todas as toxinas.

Dê preferência aos sucos e adoçantes naturaisOs sucos industrializados e refrigerantes contêm açúcar ou adoçantes que servem de alimento para a Cândida, e ácido cítrico - que é produto de um fungo.

Produtos industrializados

Cuidado, observe o rótulo para verificar a presença de ácido cítrico = acidulante INS 330. Este acidulante é um conservante natural utilizado na indústria de alimentos para conservação dos alimentos.
Postar um comentário