4 de abr de 2014

Meu filho está cheio de de medo e agora o que fazer*

Esse meu pimpolho vai fazer 4 anos daqui 6 dias mas veio pra mim que quer se bebê e que anda cheio de medos o já conversei com ele e todo dia eu converso com ele agora contei até uma historia pra ele que fui procura na net sobre a criança que não queria crescer , eu disse pra ele se agente não crescer não solta pipa ,não joga bola fica bebê não faz nada disso não é então aqui tá historia do menino que não queria crescer!


Aposto que todos vocês conhecem a historia de Peter Pan ou pelo menos o básico dela que é sobre um menino que não quer crescer, parece ser um conto simples para crianças, mas é muito mais que isso. É um conto pra crianças que esta embutido nela grandes lições para os adultos.
Peter Pan não quer crescer apenas fisicamente, não é tão simples assim a historia deixa claro isso, ele tem todos os sentimentos de uma pessoa adulta, raiva, ciúmes o único sentimento que ele não tem ou não admiti ter é o amor, amor por uma mulher, no caso do conto essa mulher é Wendy. Peter quer viver como criança, sempre com suas aventuras e ter amor por uma mulher acabaria com essas aventuras já que as causas desse amor seriam o casamento e filhos. Agora voltando para a vida real. Quantos Peter Pans nós conhecemos?
Pensando por poucos minutos eu já começo a lembrar de um monte de amigos de todas as idades que tem medo de crescer, medo de se apaixonar e criarem uma família e vivem de aventuras na “Terra do Nunca”, vivem como adolescentes sempre nas baladas, cada dia com uma garota diferente e mesmo se conhecerem uma garota muito especial não assumem com elas nada sério, pois isso implicaria no fim das aventuras juvenis.
De vez em quanto eu até fico a imaginar se eu também não me porto como um Peter Pan, não preciso pensar mais do que um minuto pra lembrar das vezes que troquei um amor por aventuras com total irresponsabilidade e imaturidade pelo simples motivo de ter medo desse amadurecimento.
Todos os Peters da vida real deveriam prestar mais atenção na historia do Peter da ficção. Na historia o que faz as pessoas voarem é o pó das fadas mais os pensamentos felizes e realmente se pensarmos bem os pensamentos felizes quase nos fazem voar. Imagine só você sendo livre pra ir às baladas todos os dias, beber, dançar sem hora pra chegar e ninguém para dar satisfações. Só que quando chegam as suas casas, ai vem à dura realidade do mundo real e os pensamentos infelizes.
-Estou sozinho!
-Não tenho ninguém!
-De que vale tudo isso?
É isso que acabou com o Capitão Gancho na historia também. Quando ele duelava voando pelos ares com Peter Pan, as crianças gritavam que ele estava velho e sozinho e assim começar a repetir. Velho! Sozinho! Velho! Sozinho!
E com esses pensamentos infelizes o capitão Gancho não consegue mais voar e cai no mar, direto na boca do jacaré Tic-tac.
Eu não quero acabar como o Capitão Gancho, caindo ao perceber que estou velho e sozinho e acho que ninguém deveria acabar assim.
Amar, casar e ter filhos também pode ser uma grande e bela aventura. tudo de bom espero que tenha gostado da historia e acompanhe a historia de meu filho que quer se um bebê venho conta como esta sendo cada dia dele
Postar um comentário