9 de abr de 2014

Como ensinar seu filho a lidar com a frustração?

 As vezes eu acho que meu filho é frustrado mas ai vocês perguntam como assim uma criança de quase 4 anos ser frustrado eu acho que ele é isso me deixa um pouco chateado porque não sei como posso ajuda meu filho a acaba com essa frustração eu sou estressada vai vê que é isso que deixa ele frustrado ele faz muita birra uns falam que é falta de uma palmada bem boa que logo essa birra ou a tal da frustração vai acaba mas vejo que não é batendo que resolve nada eu penso em sair com ele no shop ir nesses parquinhos que tem no shop e fazer com que ele brinque a vontade mas nem toda hora eu tenho dinheiro e tem que espera sempre o pai manda e manda super tarde amanhã ele faz 4 anos e nem um bolinho porque estou esperando o pai dele manda e também que vai comemora eu e ele meu irmão dorme até tarde acorda as 5 horas da tarde e minha mãe está trabalhando e meu pai viajou bem no mês dele é mole então fui busca ajuda na net pra vê como faço 

Aprender a superar as decepções é um exercício para que as crianças se tornem adultos com mais maturidade e menos medos

 Foto: Tão importante quando ensinar a perder é mostrar ao seu filho como ele deve se comportar quando ganha.Tão importante quando ensinar a perder é mostrar ao seu filho como ele deve se comportar quando ganha.
Perder no jogo, tirar notas baixas na escola, não ter o brinquedo que quer. Sentir-se frustrado não é exclusividade dos adultos: a decepção faz parte da vida das crianças e tem papel importante no desenvolvimento delas. Embora nenhum pai queira ver seu filho triste ou sofrendo, é preciso ter em mente que ele vai passar por essas situações em diversos momentos da vida e que elas serão importantes para que a criança amadureça e se torne mais forte.Aos pais, caberá estar ao lado dos filhos nessas horas, para prestar consolo e dar orientação. "Quem aprende a superar as frustrações na infância se torna um adulto que enfrenta desafios com menos receios e medos", diz Itamara Teixeira Barra, psicopedagoga e coordenadora do Ensino Fundamental I do Colégio Nossa Senhora do Morumbi.
Postar um comentário