13 de jan de 2014

Papo de menina*

Qual momento certo para transar?

Seus amassos estão cada vez mais quentes e o gato começou a fazer uma certa pressão para transar com você. O que fazer? Como saber qual é o momento ideal para começar a ter relações sexuais com o gatinho, sem medo de arrepender-se depois?
Respeite as suas vontades: nada de ceder às pressões!
Esse é um passo que não tem como voltar atrás e, portanto, deve ser pensado com muita responsabilidade. Afinal, você e o garoto podem ter tempos diferentes e a sua vontade deve valer tanto quanto a do fofo. Segundo a psicóloga e sexóloga Rosemary Villela, a hora certa para transar “é o momento em que a pessoa se sentir madura para ter um relacionamento sexual. Isso quer dizer: estar segura do que quer, não utilizar o sexo como forma de manipulação e estar consciente da importância de se usar camisinha. Você não precisa (e nem deve) fazer nada que não tenha certeza de que quer mesmo fazer. E, se o garoto gosta de verdade de você, vai respeitar e esperar até que se sinta segura para dizer “sim”. Ou seja, transar por pressão jamais!


Transar para “segurar” o namorado não vale
O que rola, muitas vezes, é que o carinha fica ansioso para transar e acaba pressionando a garota. E é muito fácil cair nessa pressão: a gente fica com medo de perder o amor do garoto e se submete às vontades dele, passando por cima das nossas próprias convicções. Só que isso não é nada legal! Na maioria das vezes, causa o maior arrependimento, como explica a psicóloga: “A maior conseqüência é a frustração. Não vale a pena! Transar é uma coisa legal, desde que seja pelo próprio prazer e não para segurar namorado. Sexo não é cadeado, não prende ninguém!”, diz. Por isso, nada de ceder às pressões do garoto, hein? Seja sincera com os seus sentimentos e respeite os seus próprios limites. Só assim esse momento vai ser especial como deve ser.
Você diz não para transar, e ele diz não para namorar.
Tá, na teoria é tudo muito fácil, mas e se o garoto terminar tudo só porque você disse que ainda não é o momento de transar? Para a sexóloga, “se a menina disser ‘não’ e o garoto pular fora, já é um sinal de que o relacionamento não duraria muito. O menino que quer realmente continuar namorando a garota depois de transarem pela primeira vez vai esperar e respeitar a decisão, aliás, vão decidir juntos o momento certo”. Anotou?
 Não tem idade certa se for com amor e segurança use camisinha*



Tudo sobre a primeira vez!

Tanto meninas quanto meninos passam por esse momento. Mas as girls sempre levam o assunto da primeira vez um pouco mais a sério e tratam com carinho o lance de perder a virgindade.

Tudo sobre a primeira vez!

Tanto meninas quanto meninos passam por esse momento. Mas as girls sempre levam o assunto da primeira vez um pouco mais a sério e tratam com carinho o lance de perder a virgindade.

A tt falou com a ginecologista Flávia Fairbanks e a psicóloga Heloísa Fleury sobre algumas dúvidas re passam pela cabeça nesse momento tão especial. Sabia que nem toda primeira vez é dolorida? Pois é, confira essa e outras questões logo abaixo.
Casal, cama
Foto: Shutterstock Images
Idade certa
é, não existe uma idade certa para perder a virgindade. O importante é que a garota inicie sua vida sexual quando ela se sentir madura o suficiente para isso. “A jovem precisa se sentir firme. Precisa saber que encontrou a pessoa certa e que é a hora certa”, diz a Dra. Flávia. E é claro que isso varia de pessoa para pessoa. “Tem jovem que encontra esse momento aos 14 anos, outras aos 25.” Por isso é superimportante que você não comece a vida sexual por influência de amigas ou até mesmo por pressão de um namorado.
Visitinha ao ginecologista
A Dra. Heloísa Fleury ressalta que se você está pensando em ter a sua primeira vez com aquele gatinho, é legal ter uma visita ao ginecologista antes de perder a virgindade: “É importante criar um espaço de conversa, para que você tire suas dúvidas e receba as orientações corretas”, alerta. A Dra Flávia Fairbanks aconselha o mesmo, lembrando que as consultas ao médico devem começar já no início do desenvolvimento do corpo, na puberdade.
Mas dói…?
“Na verdade, o que faz com que a relação se torne dolorida é o nervosismo. Isso acontece pois a musculatura da vagina contrai, dificultando a entrada do pênis.” Então, o segredo é relaxar e deixar rolar.
Cuidados
Você sabe que é possível engravidar já na primeira vez, não é mesmo? Basta estar no período fértil que o fato de a garota estar perdendo a virgindade não atrapalha na gravidez. Por isso, é muito importante a preocupação com o método anticoncepcional que você vai usar: Usar preservativo é essencial!!! Além de uma gravidez indesejada, ele previne contra doenças sexualmente transmissíveis.
 O anticoncepcional, também chamado de método de contracepção, também é responsável por evitar a gravidez. E não é porque você toma a pílula anticoncepcional que não vai usar a camisinha, hein?!

 Tudo sobre a primeira vez!
Perguntinhas que todo mundo quer fazer:
- Acontece alguma mudança no corpo depois da primeira transa?
“Não. Existe esse mito porque, antigamente, a mulher começava a vida sexual depois do casamento e, por conta das mudanças de hábitos (como a vida doméstica e o início do uso de pílulas anticoncepcionais de média e alta dosagem) poderia ter um aumento de peso e o corpo acabava mudando um pouco.”
- Masturbação tira a virgindade?
“Depende do tipo. Se houver penetração, mesmo que de vibradores ou material equivalente, pode haver ruptura de hímen e sangramento.”
- Existe idade ideal para a garota começar transar?
“Não existe uma idade ideal, até porque algumas mulheres nunca terão relação sexual, por opção ou oportunidade, e isto certamente não causa qualquer prejuízo à saúde. Porém, o amadurecimento físico vem antes do amadurecimento psicológico”, diz a especialista. Por isso, mesmo que você tenha vontade de transar, tem que analisar muito se está realmente preparada para dar esse passo importante na sua vida.

-Por que nem todas as meninas têm sangramento na primeira vez?
“Porque existem vários tipos de hímen (uma “pele” que fica na entrada da vagina de meninas virgens) e, se não houver ruptura, não há sangramento. E há também os casos em que a garota tem hímen complacente (uma espécie de hímen elástico, que não se rompe).” Espero te esclarecido um pouco da primeira vez , obrigada e tudo de bom*

Postar um comentário