12 de jan de 2014

Emprestar ou não emprestar? Eis a questão.

Mas um papo de menina devemos empresta tudo a nossas amiga sim ou não?


Qual a responsabilidade de quem empresta? E a de quem pegou emprestado?

Primeiramente, vamos ao que aconteceu?
Ela pegou o esmalte com uma pessoa que empresta esmaltes para todo o pessoal do ambiente delas, mas por inocência, ela pediu emprestado um esmalte Chanel e da mesma maneira que ela recebeu o vidro de esmalte, ela devolveu (o vidro e o conteúdo).
Porém, aconteceu um incidente…no dia em que recebeu o esmalte emprestado, ela deixou a caixinha no trabalho e levou somente o vidro para casa. No dia seguinte a caixinha não estava mais lá…  Ela ficou super sem graça, afinal ela teve culpa de não levar a caixa para casa. Ao pedir desculpas e devolver o esmalte, ela deu de cara com um fato inesperado…
De fato, nenhuma de nós iria querer perder a caixinha da Chanel de ninguém, mas a pessoa que emprestou queria que ela lhe desse a “caixinha”, nem que isso a custasse um novo esmalte, sendo que o esmalte só chega na Chanel do shopping Leblon daqui a uns dias.
(Volto a dizer que entendo uma pessoa guardar e gostar de sua caixa da Chanel.)
Mas ai comecei a me perguntar :“Será que o esmalte não é o principal?” (continuo afirmando que entendo que a caixa faz parte da experiência de ter algo Chanel)
Ai que comecei a refletir sobre essa história. A “emprestadora” não estava errada de querer sua caixinha, mas será que comprar um outro esmalte de 90 reais seria a única solução? Será que ao emprestar ela não passou a compartilhar de alguma responsabilidade?
  Até quanto uma amizade vale empresta as coisas e você empresta suas roupas , seus sapatos ou qualquer outra coisas para suas amigas diga pra Nelinha eu quero saber

Postar um comentário