31 de mar de 2013

Meu filho escovandos os dente é coisa de louco


Blog de pequenotravesso : Meu pequeno travesso chamado Samuel@, Meu filho escovandos os dente é coisa de loucoMeu filho quando acorda a primeira coisa que faço com ele é fazer ele escova os dentes sei que é muito importante escova os dente mas, não dá muito certo não porque ele não gosta de escova os dentes ele gosta é da pasta de dente que tem gosto de morango ele chupa é pasta de dente eu falo pra ele mas não adianta ele quer mesmo é chupa essa pasta depois que escova os dentes lava o rosto e as mãos depois da sujeira que sempre faz quando almoçar de vez comer com a colher comer com mão tenho que fica lavando as mãos dele e cortando as unhas mas e quando não dá ai que bicho pega eu falo , brigo ele até come com as mãos mais quando você dá as costas a ele já ta comendo com as mãos{#}03/11/2012 Os perigos da automedicação
Quem nunca pensou em comprar o mesmo remédio que curou a tosse terrível do filho de uma amiga? Analgésicos, antitérmicos e anti-inflamatórios são os medicamentos campeões de uso sem prescrição médica. E, como você sabe, tomar remédio sem a orientação de um profissional habilitado se chama automedicação. Se já é perigoso para os adultos, imagine para as crianças...
Medicamentos são drogas produzidas com o objetivo de exercer um efeito sobre as reações químicas do organismo, cessar ou aliviar sintomas desconfortáveis ou tratar uma doença. Só que somos pessoas únicas. O que pode fazer bem para um indivíduo, talvez não seja o mais recomendado para outro.
Sendo assim, o que leva as pessoas a se automedicar? No Brasil, estudos demonstram que os principais motivos estão relacionados a dores (de cabeça, de garganta, musculares ou cólicas) e infecções, como gripe ou diarreia.
Mas é importante saber que se automedicar pode trazer consequências graves. Vamos entender as razões:
=> Mascaramento de doenças graves e evolutivas: Alguns problemas de saúde podem se iniciar com sintomas corriqueiros, como uma dor abdominal ou de cabeça. A falta de avaliação clínica do médico pode retardar o diagnóstico de doenças reumatológicas, endócrinas e até câncer, por exemplo.
=> Interações medicamentosas:
muitas drogas interagem entre si, potencializando ou anulando o efeito uma da outra. Só o médico sabe disso. Portanto, quem já toma algum remédio, deve ter cuidado redobrado.
=> Resistência microbiana:
antibióticos e outros antimicrobianos devem ser administrados com rigor, nas doses e no tempo prescrito pelo médico. Isso porque estamos lutando contra organismos vivos que podem modificar seu próprio DNA e criar resistência aos remédios, o que é muito grave. Tanto que, atualmente, tais drogas são vendidas com prescrição especial e individual.
=> Doses inadequadas: cada pessoa pode ter um ritmo diferente de metabolização da droga. Isso vale especialmente para crianças. Normalmente, os pediatras calculam a dose diária em miligramas de acordo com o peso (por kg). E é importantíssimo lembrar que muitos medicamentos têm a dose terapêutica muito próxima da dose tóxica. Isso significa que, se houver um erro e for administrada uma dose maior, pode ocorrer intoxicação.
E os remédios “naturais” ou fitoterápicos? Oferecem risco? Sim! Eles também são drogas, pois se propõem a exercer uma determinada ação no organismo. Então, tenha o mesmo cuidado.
Medicar não é tarefa fácil. Envolve estudo, experiência e responsabilidade. A orientação de um profissional habilitado é o melhor a fazer para você e pela sua família.

5 problemas comuns na pele da criança@


Vermelhidão, caspas ou bolinhas esbranquiçadas podem aparecer com frequência no bebê. Saiba o que fazer em cada caso
Se você notou algo diferente na pele do seu bebê, calma. Ainda que ele tenha poucos meses, não é preciso sair correndo ao pronto-socorro. Como essa preocupação é comum, os pediatras do departa mento de dermato logia do Centro Pediátrico John Hopkins, nos Estados Unidos, publicaram um alerta para acalmar os pais e evitar que eles saíam de casa durante a madrugada e exponham o bebê a outros riscos.

Os pediatras brasileiros observam o mesmo tipo de comportamento entre os pais daqui. Mas, na maioria dos casos, dá para esperar para ligar para o pediatra no dia seguinte e os cuidados podem ser feitos em casa com tranquilidade. No guia a seguir, veja como lidar com as doenças de pele mais comuns.

Brotoeja Nos bebês, as glândulas sudoríparas ainda não estão completamente desenvolvidas. Por isso, principalmente nos dias de muito calor, nas áreas de maior trans piração, como o pescoço, as axilas e as dobrinhas do corpo, podem surgir pequenas bolinhas vermelhas ou esbranquiçadas, que podem causar irritação e coceira.

Como tratar
Não precisa se apavorar porque esse é um problema comum. O melhor a fazer é dar banhos frequentes com água morna durante o dia e vestir roupas de algodão bem frescas no seu bebê para facilitar a trans piração.

Dá para prevenir? A prevenção e o tratamento são iguais. Então, nos dias quentes, antes mesmo que as bolinhas vermelhas apareçam, dê vários banhos e coloque roupas bem fresquinhas.

LEIA MAIS: Cheiro forte na urina pode ser sinal de infecção
Caspa ou dermatite seborreica São pequenos flocos brancos e oleosos que surgem no couro cabeludo e outras partes do corpo, como atrás da orelha, por exemplo, nos bebês de até seis meses. Isso acontece porque nessa fase o bebê ainda acumula alguns hormônios da mãe, como a progesterona, que estimula a produção de oleosidade pelas glândulas sebáceas. Aos poucos, enquanto o hormônio é eliminado, elas tendem a diminuir.

Como tratar Amoleça as crostinhas com água morna durante o banho ou use óleos naturais próprias para a criança. Se não melhorar com o tempo, mostre ao pediatra na próxima consulta.

Dá para prevenir? Não.
Hemangioma
São manchas vermelhas com tamanhos variados causadas pela malformação dos vasos da pele. Podem ser planas ou formar um pequeno relevo. A cor pode ir do rosa-claro ao vinho, e, geralmente, "some" quando se pressiona o dedo sobre ela.

Como tratar A maioria das manchas é benigna e desaparece durante os primeiros anos. Mas é sempre importante mostrar ao pediatra e, se for necessário, levar o bebê ao dermato logista.

Dá para prevenir? Não.

LEIA MAIS: 6 segredos das crianças que (quase) nunca ficam doentes

Dermatite atópica Também conhecida como eczema, a dermatite é hereditária. Causa muita coceira e deixa a pele do bebê seca. Em alguns casos, ela pode até rachar e sangrar. As áreas mais afetadas são as mãos, os cotovelos e os joelhos. Em geral, tende a melhorar até a puberdade. Mas até lá, seu bebê vai ter momentos de melhora e piora.

Como tratar
Assim que perceber o problema, leve o bebê ao pediatra. O tratamento é feito, normalmente, à base de corticóides.

Dá para prevenir? Não, já que é hereditário.

Assaduras ou dermatite de contato Deixar o bebê muito tempo com a fralda suja, higienização inadequada ou quando ele tem uma urina muito ácida provocam aquela vermelhidão entre as dobras da região da genitália e ao redor, característica das assaduras. Em alguns casos, a pele fica inflamada e causa ardência, irritação e coceira.

Como tratar Não tem jeito melhor do que manter seu filho sempre limpo. Por isso, evite deixá-lo muito tempo com a fralda suja de xixi e cocô. Limpe com água e sabão neutro, que retira também o suor da pele. Se possível, deixe seu bebê sem fralda por alguns minutos antes de colocar uma nova. E use pomadas anti assaduras para prevenir e tratar o problema.

Dá para prevenir? Assim como a brotoeja, a prevenção e o tratamento são iguais. Então, a dica é deixe seu bebê sempre limpinho!

Nesta quarta fomos na igreja e Samuka dessa vez ficou quieto@#

 Eu fui pega o exame de sangue de Samuka depois fomos pra igreja ele já chegou querendo beber água no bebedouro mas depois foi com á obreira deu pra assistir o culto mas mesmo assim ele não focava quieto mas deu até que minhas metas que fiz pra 2013 está saindo de sai mas com traquina, ter duas vezes pra ele e uma vez da mamãe e de se distrair mas já que em casa ele fica mas rebelde eu sei que agente tem que sai mas mas janeiro estou saindo mas com ele Blog de pequenotravesso : Meu pequeno travesso chamado Samuel@, Nesta quarta fomos na igreja e Samuka dessa vez ficou quieto@#obrigada pela atenção e um bom dia Nelinha.

{#} Ele com 1 ano e alguns meses até dois anos!
Olha ai a cara de safadinho dele mexendo como sempre Blog de pequenotravesso : Meu pequeno travesso chamado Samuel@, Ele com 1 ano e alguns meses até dois anos! seu primeiro corte de cabelo como ele chorou pra corta esse cabelo fez um drama  rumo aos dois anos fase complicada pra ele e pra mimBlog de pequenotravesso : Meu pequeno travesso chamado Samuel@, Ele com 1 ano e alguns meses até dois anos! estou na esperança que essa fase vai passa e vamos vê como é a fase de 3 anos como tempo passa rapido de mais ontem ele era bebê e hoje já e um rapazinho meu Deus de muita saúde pra ele e muita paciência pra mim um belo dia e obrigada a todos pela paciência de vcs.

Os Tres Porquinhos


Os Três Porquinhos História infantil para crianças

Era uma vez, 3 porquinhos que viviam na floresta, cada um na casa que construiu. Os dois mais novos só pensavam em brincar e não gostavam de trabalhar. Um fez a casa de palha e o outro de madeira, o mais velho que era trabalhador fez uma casa de tijolo e cimento, que lhe dava segurança. Os mais novos aziam troça dele, que levava o tempo todo a trabalhar e não brincava.

Blog de pequenotravesso : Meu pequeno travesso chamado Samuel@, Os Tres Porquinhos
Certo dia, o lobo pareceu e cada um fugiu para sua casa, o lobo aproximou-se da casa de palha e começou a soprar com tanta força que o telhado e as paredes foram para o ar.

Blog de pequenotravesso : Meu pequeno travesso chamado Samuel@, Os Tres Porquinhos
O porquinho correu para a casa do outro irmão, o lobo voltou a soprar com tanta força, que depressa derrubou madeira. Os dois porquinhos, assustados correram para casa do irmão mais velho. E o lobo furioso voltou a soprar, mas desta vez não conseguiu derrubar a casa de tijolos e acabou por se ir embora. Os dois porquinhos aprenderam a lição, primeiro trabalhar e depois brincar. E foram felizes para sempre.

Blog de pequenotravesso : Meu pequeno travesso chamado Samuel@, Os Tres Porquinhos  Obrigada pela atenção espero que tenham gostado{#} 21/01/2013Nelinha*

Look do dia pro meninos!


Blog de pequenotravesso : Meu pequeno travesso chamado Samuel@, Look do dia pro meninos! Criança também gosta de moda!
Com o look, o baixinho vai causar em qualquer evento, principalmente se for a uma festa infantil.

Shampoo e condicionador Repair ProSeries Wella


Blog de pequenotravesso : Meu pequeno travesso chamado Samuel@, Shampoo e condicionador Repair ProSeries WellaA Wella lançou estes tempos a marca Pro Series com shampoo, condicionador, creme para pentear e tratamento intensivo. São quatro linhas diferentes: Luminosity, Repair, Hydration e Color, cada uma para um tipo de cabelo.
Na época do lançamento recebi para testar os produtos da linha Repair, que promete recuperar fios danificados e reduzir a quebra. No site da Wella eles contam que “os produtos contam com um silicone inteligente patenteado, no qual a porção terminal da molécula possui carga positiva, que são atraídas para os locais mais danificados e preenchem as micro fissuras da cutícula.” Parece bem louco, hum!
Testei o shampoo e o condicionador. O primeiro é consistente, faz bastante espuma e lava os fios bem. Tudo bem normal, nada assim muito diferente dos outros shampoos. Mas não deixando meu cabelo duro, já acho que estou no lucro. O cheirinho dele é bem bom.
O condicionador é potente, daqueles que com um pouquinho só já deixa os fios como uma manteiga. E tai o porém dele para mim. Meu cabelo é ultra fino e bastante escorrido, por isso fujo dos produtos que tiram o micro volume e deixam as madeixas ainda mais lisonas. Pra mim não deu muito certo. Mas acho que deve ser interessante para quem tem os fios mais grossos e também para quem quer diminuir o volume, pois apesar do problema que tive, ele deixa os fios macios e brilhantes. 07/11/2012

A colônia para os mocinhos e para as moçinhas*


É perfeita para usar depois do banho e sair para arrasar! Além disso, o estojo traz de brinde os lenços umedecidos Banho de Gato e o exclusivo Jogo das Invenções, que estimulam a imaginação da criança e a cuidar da natureza enquanto se diverte.
Para as Mocinhas
. Com a colônia FRU FRU, elas vão ficar um cheirinho gostoso e encantar tudo mundo! Além disso, o estojo traz de brinde os lenços umedecidos Banho de Gato e o exclusivo Jogo das Invenções

Esmalte Preto


Não é de hoje que o esmalte preto faz sucesso entre as mulheres. Além de ser uma cor super coringa, deixa um ar chique nas mãos.

Gostaram da cor? Vocês usam muito esmalte preto? Vamos usar por que pretinho é básico!!!

Samuka o meu teimoso@


Samuka aonde passa deixa rastro é uma coisa de louco meu filhote aonde vai é confusão na certa ele é teimoso, manhoso e fofo gosta de mexer em tudo que ver quer pega e experimentar e fogo na roupa esse menino travesso minha gostosura e chatinho mais é da mãe me tira do sério tenho que respira fundo mais as vezes não da NE sai uns gritos aqui ali mais eu sei que ele é criança ele implica muito com minha mãe os dois não se bicão parecem que um não gosta do outro sinceramente não queria que fosse assim mais o que eu vou fazer. As pessoas me pergunta e ai quando vai da um irmão ou uma irmã pro Samuel ai falo que Samuel vale por mil e também não quero outro filho só Samuel me basta é uma decisão que já tenho a muito tempo desde pequena eu dizia que só iria ter um filho e nada mais no começo antes de Samuel eu queria uma menina era doida por uma menina tinha até nome Júlia mais depois que Samuel nasceu vir que não preciso de outro filho quero da as coisas pra ele e sei que com outro filho não poderei da então um basta e ele já vale por dois, por três eu não sou casada não trabalho ainda moro com meus pais e não tenho futuro com pai de Samuel então como posso pensa em outro filho e arranjar outra pessoa não quero mais seu eu arranjar outro sei que pai de Samuel não vira mais aqui entaõ não quero outro homem porque eu quero a presença do pai dele na vida dele eu acho muito importante a presença do pai sei que filho ver segurança no pai obrigada pela atenção de vcs um bom dias para todos

Sei que ele não vai gosta de ver foto quando cresce mais um pouco


sei que ele não vai gosta de ver essa foto quando cresce mais eu queria posta pra fica de lembranças pra ele é de coração pra vc samuka 21/09/2012.

Meu amor*


QUERIA AGRADECER A DEUS


Queria agradecer a deus por meu filhote fica bom obrigada senhor sem ele não somos nada. 18/10/2012

Menino de ilha


Às vezes, no calor mais forte, eu pulava de noite a janela com pés de gato e ia deitar-me junto ao mar. Acomodava-me na areia como uma cama fofa e abria as pernas aos alíseos e ao luar: e em breve as frescas mãos da maré cheia vinham coçar meus pés com seus dedos de água.
Era indizivelmente bom. Com um simples olhar podia vigiar a casa, cuja janela deixava apenas encostada; mas por mero escrúpulo. Ninguém nos viria nunca fazer mal. Éramos gente querida na ilha, e a afeição daquela comunidade pobre manifestava-se constantemente em peixe fresco, cestas de caju, sacos de manga-espada. E em breve perdia-me naquela doce confusão de ruídos... o sussurro da maré montante, uma folha seca de amendoeira arrastada pelo vento, o gorgulho de um peixe saltando, a clarineta de meu amigo Augusto, tuberculoso e insone, solando valsas ofegantes na distância. A aragem entrava-me pelos calções, inflava-me a camisa sobre o peito, fazia-me festas nas axilas, eu deixava a areia correr de entre meus dedos sem saber ainda que aquilo era uma forma de cortar o tempo. Mas o tempo ainda não existia para mim; ou só existia nisso que era sempre vivo, nunca morto ou inútil.
Quando não havia luar era mais lindo e misterioso ainda. Porque, com a continuidade da mirada, o céu noturno ia desvendando pouco a pouco todas as suas estrelas, até as mais recônditas, e a negra abóbada acabava por formigar de luzes, como se todos os pirilampos do mundo estivessem luzindo na mais alta esfera. Depois acontecia que o céu se aproximava e eu chegava a distinguir o contorno das galáxias, e estrelas cadentes precipitavam-se como loucas em direção a mim com as cabeleiras soltas e acabavam por se apagar no enorme silêncio do Infinito. E era uma tal multidão de astros a tremeluzir que, juro, às vezes tinha a impressão de ouvir o burburinho infantil de suas vozes. E logo voltava o mar com o seu marulhar ilhéu, e um peixe pulava perto, e um cão latia, e uma folha seca de amendoeira era arrastada pelo vento, e se ouvia a tosse de Augusto longe, longe. Eu olhava a casa, não havia ninguém, meus pais dormiam, minhas irmãs dormiam, meu irmão pequeno dormia mais que todos. Era indizivelmente bom.
Havia ocasiões em que adormecia sem dormir, numa semiconsciência dos carinhos do vento e da água no meu rosto e nos meus pés. É que vinha-me do Infinito uma tão grande paz e um tal sentimento de poesia que eu me entregava não a um sono, que não há sono diante do Infinito, mas a um lacrimoso abandono que acabava por raptar-me de mim mesmo. E eu ia, coisa volátil, ao sabor dos ventos que me levavam para aquele mar de estrelas, sem forma e corpo e ouvindo o breve cochicho das ondas que vinham desaguar nas minhas pernas.
Mas - como dizê-lo? - era sempre nesses momentos de perigosa inércia, de mística entrega, que a aurora vinha em meu auxílio. Pois a verdade é que, de súbito, eu sentia a sua mão fria pousar sobre minha testa e despertava do meu êxtase. Abria os olhos e lá estava ela sobre o mar pacificado, com seus grandes olhos brancos, suas asas sem ruído e seus seios cor-de-rosa, a mirar-me com um sorriso pálido que ia pouco a pouco desmanchando a noite em cinzas. E eu me levantava, sacudia a areia do meu corpo, dava um beijo de bom-dia na face que ela me entregava, pulava a janela de volta, atravessava a casa com pés de gato e ia dormir direito em minha cama, com um gosto de frio em minha boca. 25/09/2012

Acidentes no lar


As habilidades cognitivas, perceptuais e motoras da criança mudam rapidamente com o crescimento e a expõem a um risco diferente de acidentes, conforme a faixa etária em que esteja.

PRECAUÇÕES

A IDADE FRÁGIL (1 a 3 meses)

Do nascimento até próximo aos 12 meses todas as crianças têm algo em comum: pensam através de suas ações. O que caracteriza a criança até aos 3 meses é o comportamento motor dominado pelas atividades reflexas, que em si e por definição não apresentam intencionalidade apesar das experiências transformá-los em buscas dirigidas.

O bebê recém-nascido é frágil e por isso necessita de proteção por muitos meses. Começará de início a fazer pequenos movimentos e depois a rolar de um lado para o outro. É também a fase em que começa a chupar qualquer objeto que possa segurar.

PRECAUÇÕES:

Verifique SEMPRE se a água do banho não está muito quente e se as torneiras estão fora do alcance do bebê. Muitas crianças já foram escaldadas acidentalmente!

- Mantenha os alfinetes fora do alcance do bebê.

- O bebê não poderá ser deixado só na banheira, nem mesmo enquanto se apanha uma toalha.

- Não deixe a criança em lugares onde possa cair. É difícil prever quando rolará pela primeira vez.

- Evite pequenos objetos que possam ser levados à boca. Os chocalhos devem ser resistentes e não desmontáveis.

- Cuidado com as tintas e pinturas que contenham chumbo.

Use colchão firme e cobertas leves. Cuidado com o sufocamento com peças em forma de saco.

A IDADE DO DESPERTAR (4 a 6 meses)

Marca o surgimento da intencionalidade. É a idade da contemplação. Interessa-se mais pelas pessoas que lidam com ela. Começa a diferenciar-se do mundo que a rodeia, aumenta sua persecução ocular e cefálica, aprimorando a movimentação dos olhos e das mãos, buscando a preensão de objetos, que são levados à boca.

A criança começa agora a olhar em volta de si e a ver coisas. Tenta sentar-se e agarrar qualquer coisa. Coloca as mãos ou qualquer objeto na boca.

PRECAUÇÕES:

1. Já que a criança raramente é sossegada nesta idade, não a deixe sozinha em lugar alto. Tenha certeza de que os lados do cercado estejam levantados.

2. Quaisquer pequenos objetos usados perto do bebê deverão ser guardados fora de seu alcance.

3. Esteja segura de que as torneiras não estão ao alcance da criança. Verifique a temperatura da água antes de colocar o bebê na banheira.

4. As crianças não poderão ser deixadas sozinhas no banho, em nenhuma hipótese ou por qualquer razão.

5. Os chocalhos deverão ser inquebráveis, as contas grandes e fortes ligadas por um cordão resistente.

6. A mobília e os brinquedos jamais poderão ser pintados com tinta que contenha chumbo.

A IDADE DA CURIOSIDADE (7 a 12 meses)

A criança intensifica sua ação sobre o mundo, já é nítida a presença da intenção e, portanto, a distinção entre meios e fins, a escolha de determinadas ações que visam, fundamentalmente, A COMPREENSÃO do objeto novo. Começam a estabelecer relações entre fatos e ações de outras pessoas, na presença de indícios interiorizados. As mudanças de decúbito vão-se tornando mais freqüentes (dorsal-ventral-sentado-de pé com apoio-de pé sem apoio) e a possibilidade do deslocamento do corpo no espaço, uma realidade que amplia as experiências. Esse deslocamento pode ser facilitado por artifícios como os voadores, de discutível utilidade e associado a acidentes (quedas) de conseqüências às vezes graves.

PRECAUÇÕES

1. Mantenha os objetos fora do alcance, pois tudo vai para dentro da boca, por isso os tóxicos e remédios deverão estar fora do alcance.

2. Alfinetes, botões, agulhas e outros pequenos objetos deverão ser postos longe; remova pequenos objetos quebráveis da mesa do café e colocados ao alcance das mãos da criança.

3. Toalha de mesa não deve pender dos cantos da mesa, as crianças puxam para ver o que está em cima.

4. Mantenha os alimentos e líquidos quentes no centro da mesa, fora de alcance.

5. Quando você estiver ocupada com tarefas caseiras, um cercado próximo é o lugar ideal para a criança dessa idade.

A IDADE DA AVENTURA (1 a 2 anos)

Surge a antecipação pelo pensamento e não apenas pela ação. Os objetivos e ações são transformados, no pensamento, por suas representações simbólicas. Imitam e inventam. Exploram o mundo pelo rastejamento utilizando uma atividade motora, firme. É o período das intoxicações por produtos de uso domiciliar e inseticidas, geralmente conservados em armários rentes ao chão; iniciam a exploração de espaços e objetos extradomiciliares. Iniciam-se as diferenças condicionadas pelo comportamento entre meninos e meninas.

PRECAUÇÕES

1. Evite uma queda: portões de segurança nas sacadas, nos topos das escadas, grades nas janelas e telas firmemente fixadas, previnem acidentes.

2. As portas de automóveis deverão ser fechadas à chave.

3. Portas e aparelhos elétricos: as portas que dão para a rua ou áreas perigosas deverão ser trancadas; as tomadas de eletricidade devem ser resguardadas.

4. Mantenha as substâncias venenosas sob chave.

5. Piscinas de jardins e banheiras: cobrir ou cercar qualquer piscina. Evite deixar a criança no banheiro sozinha, ela pode abrir a torneira de água quente ou escorregar e cair.

6. A cozinha é o lugar preferido para a criança dessa idade, cuidado com os cabos de panela quentes. Fósforos, facas e outros objetos perigosos devem ser guardados fora de alcance. Evite brinquedos com pequenas partes removíveis.

A IDADE DA INDEPENDÊNCIA (2 a 3 anos)

O padrão de pensamento permanece idêntico à idade anterior. As experiências se ampliam, como também sua capacidade motora. Da fase rastejadora evolui para a de alpinista. Sobe em cadeiras, mesas, tenta explorar um mundo que se coloca acima de sua linha de visão.

A criança começa agora a ter mais controle pessoal, aprende a fazer coisas por si mesma e deslocar-se com movimentos ativos e rápidos. As crianças nesta idade fazem como os pais (imitação), e começam a entender as razões por que se fazem as coisas. A independência é mostrada ao dizerem: "não quero" e ao tentarem fazer as coisas sozinhas. Elas ainda não têm noção do perigo.

PRECAUÇÕES:

1. Ensine segurança. As crianças imitam os pais; dê então bons exemplos de cuidados a seu filho. Ensino às crianças a apanharem os brinquedos e arranje um lugar onde possam guardá-los. Ensine quais os perigos da rua e como e quando atravessá-la.

2. As crianças nesta idade ainda gostam de tirar as coisas dos lugares. Evite brinquedos com pequenas partes removíveis. Brinquedos como vagões e caminhões devem ser bastante fortes para suportar o peso da criança e também de seus companheiros. Estimule seu filho a partilhar os brinquedos com os amigos. Não se esqueça de manter fora do alcance as substâncias venenosas e os fósforos.

3. Dê às crianças trabalhos simples. Evite deixá-las carregar objetos ponte agudos, de vidro e líquidos quentes. Guarde todas as ferramentas e equipamentos de jardinagem perigosos fora do alcance das crianças.

A IDADE DA EXPERIÊNCIA (3 a 5 anos)

A criança começa a explorar a vizinhança e a andar fora de casa. Nesta idade gosta de jogar bolas, subir em árvores ou cercas, andar de triciclos e pequenas bicicletas, ajudar os pais no pátio ou em volta da casa. Brincar com outras crianças é importante nesta idade.

PRECAUÇÕES:

1. Ensine segurança. É esta a idade para ensinar bons hábitos de segurança. Aprender maneiras seguras de usar ferramentas, fósforos e utensílios de cozinha é importante. Explique sempre a maneira correta de se fazerem às coisas.

2. Explorar terrenos baldios é excitante nesta idade. Supervisione as áreas em que as crianças brincam e remova tudo que represente perigo. É importante que os brinquedos sejam resistentes. Ensine-lhes todas as regras de segurança do jogo. Aprender a usar pés e mãos de maneira adequada ao escalar é importante para ajudar a criança a evitar quedas. Vista sua criança com roupas que permitam liberdade de ação.

3. Guardar venenos e ferramentas pontiagudas ou perigosas em lugares fechados é muito importante.



Faixa etária Acidentes mais comuns
0 - 6 meses Afogamento, ingestão de corpo estranho, intoxicações, queimaduras, quedas, sufocações e engasgos.
7 - 12 meses Afogamento, aspirações e ingestões de corpos estranhos, choques elétricos, intoxicações, quedas, queimaduras.
1- 3 anos Afogamento, choque elétrico, corpos estranhos, intoxicações, picadas venenosas, quedas e colisões, queimaduras.
3 - 7 anos Acidentes de trânsito, afogamento, choque elétrico, ferimentos, intoxicações, mordeduras, picadas venenosas, quedas e colisões, queimaduras.
7 - 12 Acidentes na escola, na vizinhança e nos esportes.
Adolescência Agressões, acidentes esportivos, afogamentos, uso de drogas e acidentes de trânsito.
Andadores: porque devem ser evitados?

- Centenas de acidentes ocorrem devido ao seu uso.
- Crianças em andadores caem sobre objetos, fornos, piscinas, aquecedores e rolam escada abaixo.
- Crianças em andadores se intoxicam com mais freqüência devido a maior facilidade de locomoção.
- Seu uso não propicia desenvolvimento motor antecipado além de deixar a criança excitada.

Brinquedos também representam perigo

Acidentes envolvendo brinquedos são comuns e, na maioria das vezes, decorrem da ingestão de partes do mesmo.

Prevenindo...

- Sempre siga as instruções do fabricante no que diz respeito à idade a que se destina o brinquedo.
- Verifique se o brinquedo é inquebrável e não contém bordas afiadas ou pontiagudas.
- Brinquedos não devem ter partes pequenas como olhos, rodas ou botões, facilmente destacáveis, que possam ser ingeridos pela criança.
- O tamanho do brinquedo deve ser grande o suficiente, para que ele não possa ser colocado na boca.
- Brinquedos feitos à mão não são testados quanto à segurança, sempre examine-os muito bem.
- Ao instalar pilhas novas nos brinquedos elétricos jogue fora às usadas em local seguro.
- Não deixe seu filho empinar pipas na proximidade de fios de alta tensão.
- Não permitir brinquedos elétricos na proximidade de banheiras e pias.

Escolhendo o berço certo

Vários detalhes devem ser observados na compra de um berço:

- À distância entre as barras verticais deve ser pequena para evitar que a criança caia por entre elas ou que enfie a sua cabeça.
- O deslizamento da parte lateral deve ser protegido por duas travas separadas, para impedir que outras crianças consigam baixá-la.
- A altura da grade lateral deve ser suficiente para impedir que a criança a pule.
- O colchão deve ser firme e acoplar-se às laterais.

Lar, doce lar?

O lar constitui inesgotável fonte de riscos para as crianças. É no seu interior que a maioria dos acidentes ocorre. 21/09/2012

Como Ensinar as Cores III


Dica 3: Evite Ambigüidades. Use cores do mesmo tom. Ex: inicialmente, eleja apenas um tom de azul ( azul piscina, por exemplo). E procure trabalhar, ao menos das primeiras vezes, com tons de azul aproximados. Se você for ensinar a cor azul, e mostrar um objeto azul piscina, um azul-marinho, e em seguida, um azul turquesa, vai confundir o bebê. O mesmo princípio se aplica a outras cores.
Dica 4: Ao ensinar cores, comece pelas CORES PRIMÁRIAS.
Ensine primeiro  azul, vermelho, amarelo, preto e branco.
Para tornar tudo ainda mais fácil para o bebê, comece abordando apenas duas cores (por ex: vermelho e amarelo) .
Blog de pequenotravesso : Meu pequeno travesso chamado Samuel@, Como Ensinar as Cores III
Com que idade uma criancinha já tem condições de aprender as cores?
Embora a média das crianças aprenda as cores por volta dos 2 anos , posso lhes garantir que uma criança de inteligência normal tem condições de aprender as cores (na verdade os nomes das cores) com um ano e meio. Minha filha mais nova com um ano já sabia as cores primárias, o preto e o branco. Com um ano e meio já sabia todas as cores, inclusive as gradações (azul claro, azul marinho, cinza, bege, Salmon, prateado, dourado, etc).  Idem para a outra filha. Não é necessário ter inteligência especial para isso. Entretanto, quanto mais estimulado, mais o bebê vai aprender.
09/03/2013* .A Princesa e o Sapo
Era uma vez uma bondosa princesa muito bonita, que vivia num reino muito distante. Um dia, sem querer, a princesa deixou cair uma bola dentro de um lago. Pensando que a bola estivesse perdida, começou a chorar. — Princesa, não chore. Vou devolver a bola para você. — disse um sapo. — Pode fazer isso? –
Blog de pequenotravesso : Meu pequeno travesso chamado Samuel@, A Princesa e o Sapo
perguntou a princesa. — Claro, mas, só farei em troca de um beijo. A princesa concordou. Então, o sapo apanhou a bola, levou-a até os pés da princesa e ficou esperando o beijo. Mas, a princesa pegou a bola e correu para o castelo. O sapo gritou: — Princesa, deve cumprir a sua palavra! O sapo passou a perseguir a princesa em todo lugar. Quando ia comer, lá estava o sapo pedindo a sua comida. O rei, vendo sua filha emagrecer, ordenou que pegassem o sapo e o levassem de volta ao lago. Antes que o pegassem, o sapo disse ao rei: — Ó, Rei, só estou cobrando uma promessa. — Do que está falando, sapo? Disse o rei, bravo. — A princesa prometeu dar-me um beijo depois que eu recuperasse uma bola perdida no lago.
Blog de pequenotravesso : Meu pequeno travesso chamado Samuel@, A Princesa e o Sapo
O rei, então, mandou chamar a filha. O rei falou à filha que uma promessa real deveria ser cumprida. Arrependida, a princesa começou a chorar e disse que ia cumprir a palavra dada ao sapo. A princesa fechou os olhos e deu um beijo no sapo, que logo pulou ao chão. Diante dos olhos de todos, o sapo se transformou em um belo rapaz com roupas de príncipe. Ele contou que uma bruxa o havia transformado em sapo e somente o beijo de uma donzela acabaria com o feitiço. Assim, ele se apaixonou pela princesa e a pediu em casamento. A princesa aceitou. Fizeram uma grande festa de casamento, que durou uma semana inteira. A princesa e o príncipe juntaram dois reinos e foram felizes para sempre.
Blog de pequenotravesso : Meu pequeno travesso chamado Samuel@, A Princesa e o Sapo   Obrigada pela atenção de todos e um belo dia.{#} 25/01/2013

Olá meu Samuka


Um bom dia pra todo mundo do blog. 21/09/21/2012

Agora só vive de baixo da mesa e deu pra fica cuspindo também!


Agora deu pra se esconder debaixo da mesa o meu traquina vire mexe tá ele lá e outra dele agora é fica cuspindo pela casa ou cuspi na gente como quem essas crianças aprendem tanta bobagens e também aprendeu com o tio a disse estou de mal, você é feia criança quando se espelha em alguém é fogo porque se a pessoal for como meu irmão um boboca meu filho vai se comporta como bobocaBlog de pequenotravesso : Meu pequeno travesso chamado Samuel@, Agora só vive de baixo da mesa e deu pra fica cuspindo também!ele é um menino amoroso mas só aprende besteira eu falo pro meu irmaõ maneira mas não adianta então minha mãe acha que meu Samuka é que é o bagunceiro da casa mas não é bem assim se vê alguém fazendo logico que vai fazer também essa é a logica.
Um belo dia para todos e obrigadaBlog de pequenotravesso : Meu pequeno travesso chamado Samuel@, Agora só vive de baixo da mesa e deu pra fica cuspindo também!Nelinha! 23/01/2013.

Soneto de separação

Um poema pro mês de Janeiro

Blog de pequenotravesso : Meu pequeno travesso chamado Samuel@, Soneto de separação

Oceano Atlântico, a bordo do Highland Patriota, a caminho da Inglaterra

De repente do riso fez-se o pranto
Silencioso e branco como a bruma
E das bocas unidas fez-se a espuma
E das mãos espalmadas fez-se o espanto.

De repente da calma fez-se o vento
Que dos olhos desfez a última chama
E da paixão fez-se o pressentimento
E do momento imóvel fez-se o drama.

De repente, não mais que de repente
Fez-se de triste o que se fez amante
E de sozinho o que se fez contente.

Fez-se do amigo próximo o distante
Fez-se da vida uma aventura errante
De repente, não mais que de repente.

Oceano Atlântico, a bordo do Highland Patriota, a caminho da Inglaterra, setembro de 1938.
O soneto é uma composição poética constituída por 14 versos, distribuídos, segundo o modelo petrarquiano (também chamado "soneto italiano"), em 2 quadras e 2 tercetos, as primeiras apresentando duas ordens de rimas e estes últimos duas ou três ordens. O esquema rimático mais freqüente é:
a b b a / a b b a / c d c / c d c
Tudo leva a crer que o soneto foi criado no século XIII, pelas mãos do poeta siciliano Giacomo de Lentino, em Palermo. O primeiro grande nome ligado ao soneto é o de Dante, devendo-se a outro mestre da poesia, Petrarca, a consolidadão e a difusão do modelo. Em Portugal, o soneto teve como seu primeiro cultor o poeta Sá de Miranda. Camões dedicou-se amplamente ao soneto, alcançando com ele alguns dos mais altos momentos da literatura universal de todos os tempos. No Brasil seiscentista, Gregório de Matos empregou o soneto tanto para a lírica sacra e amorosa quanto para a satírica. Adiante, Cláudio Manuel da Costa firmou-se como sonetista de grande valor, ajudando a fortalecer uma tradição que daria nomes como Olavo Bilac e Cruz e Sousa, entre outros. Num primeiro momento, os modernistas se voltaram contra o soneto, atitude inserida num amplo programa de ruptura com a "fôrma" das formas fixas e dos padrões poéticos tradicionais. No entanto, depois de instalado o verso livre e conquistadas tantas outras liberdades nos níveis da estruturarão e do conteúdo, poetas como Manuel Bandeira e Carlos Drummond de Andrade retornaram ao soneto. Vinicius de Moraes consolidou-se como grande sonetista da moderna literatura brasileira e ajudou a popularizar a forma. O soneto também pode ser estruturado em três quartetos e um dístico, sendo chamado então "soneto inglês".Blog de pequenotravesso : Meu pequeno travesso chamado Samuel@, Soneto de separação 12/01/2013

30 de mar de 2013

Ontem fui passear com Samuel no Shop


Assim que ele viu esses peixinhos e passarinhos não quis mas sabe de outra coisa na frente dele 19/10/2012
Era só alegria em ver esses peixinhos ai@
No começo ficou com medo mas depois não quis sair mas do lado desse peixinho ai
Meu pimpolho samuka
O PASSEIO PRA ELE FOI BOM PRA DISTRAI A CABEÇA DELE JÁ QUE FICA EM CASA O TEMPO TODO NÃO SAIO NUNCA{#}
samuka e o peixinho
Mãe cade o peixinho samuka querendo ver o danado do peixe e nada do peixe





{#}