3 de jun de 2013

TEIMOSIA...

A gente vive
É de teimosia.
Com a terna esperança
De que o amanhã nos trará um melhor dia,
Abarrotado de alegria.
A gente vive
É até por não ter escolha.
Lançados ao mundo
Nus, chorando...
Um choro que parece não ter fim!
Não escolhemos a riqueza ou pobreza,
Não escolhemos a inteligência ou ignorância,
Não temos o direito de algo escolher!
A gente vive
É de sonho.
Um sonhar tolo,
Entorpeceste
Que prolonga a euforia.
Mas não passa de ilusão...
Queria dedica esse poema a esse teimoso desculpa se mamãe é chata de mas com vc meu filhote mas sempre as coisas chatas cabem a mamãe que Deus abençoe você
Postar um comentário