7 de abr de 2013

Esse calor não esta dando se é ruim pra gente imagina pra nossas crianças.

Ta muito calor se é ruim pra gente tadinha das nossas crinças ai meu Deus ai que calor oooooo muita agua, suco, frustas e verduras pra nossas crianças e pra gente também;
Evite a desidratação em dias de calor
Gente, que calor é esse?????
O ar, o vento, a água, o chão, as paredes… tudo está quente!
Que sensação horrorosa! Você vai tomar banho e quer ficar lá pra sempre, apesar da água sair morna, mesmo com o chuveiro desligado…
O negócio está tão crítico que no Rio de Janeiro  nesta quinta-feira  fez 41°C.
Neste instante, enquanto faço esta postagem, está marcando 34 C e a umidade : 56% mesmo com dois ventiladores ligados e tomando água direto a sensação que tenho é que estou derretendo.  Ai que saudade do frio…
Pois é, em tempos assim, quando temos uma vaga idéia de como é o inferno, devemos tomar certos cuidados para evitar coisa bem pior do que sentir muuuuito calor.
A desidratação, por exemplo.Ela ocorre se a água eliminada pelo organismo através da respiração, suor, urina, fezes e lágrimas, não for reposta adequadamente. Isso pode acontecer quando a ingestão de líquidos é insuficiente nos dias de muito calor por causa da transpiração excessiva.
O que pode acontecer no seu corpo quando você fica desidratado - Perda de energia
- Diminuição da performance durante o exercício
- Cãibras
- Dor de cabeça leve a moderada
- Náuseas e dores de cabeça mais fortes
- Pressão baixa - no calor os nossos vasos dilatam e existe uma maior dificuldade do sangue, que circula nas pernas, voltar para o coração, isso na maioria das vezes, pode ser tratada com uma melhor hidratação.
Recomendações
* Beba bastante líquido, pelo menos dois litros por dia e não devemos esperar ter sede para começar a tomar água. Quando sentimos sede já estamos levemente desidratados. Além da água, o chá e o suco também auxiliam, mas vale lembrar que este último, contém calorias (neste caso não deve se acrescentar açúcar). Com relação aos chás, opte pelos de ervas ou descafeínado.
As bebidas que devem ser evitadas em excesso são os refrigerantes, pois a capacidade de hidratação é pequena, em virtude da presença de gás e do alto teor de açúcar, as alcoólicas, estimulam ainda mais a perda de água pela urina, além de serem calóricas.
Os isotônicos contêm um teor de sais minerais elevado, sendo mais indicados para atletas, os quais têm uma perda muito intensa de água e sais minerais através do suor, necessitando de uma reposição rápida, obtida com esse tipo de bebida.
Verifique se as crianças e os idosos estão tomando a quantidade de líquido necessária para manter a boa hidratação do organismo. Nessas faixas de idade, muitas vezes, eles se esquecem de fazê-lo;
Uma das maneiras fáceis de avaliar se ingerimos líquidos adequadamente é observar a coloração da urina. Quanto mais clarinha, melhor nosso estado de hidratação.
* Alimente-se bem - Verduras, frutas e legumes podem apresentar cerca de 90% de seu peso composto por água. Por outro lado, petiscos, bolachas e bolos podem apresentar apenas 5% do líquido.
Certifique-se de que os alimentos que serão ingeridos crus foram corretamente preparados. Receitas preparadas com ovos crus, como maionese, mousses, sanduíches são alvos fáceis de contaminação.
Alimentos contaminados normalmente provocam vômitos e diarréias, gerando perigosos quadros de desidratação. As crianças são as principais vítimas.
Nos restaurantes, prefira pratos cozidos ou grelhados. Evite sugestões regadas com molhos - onde as bactérias adoram crescer.
Com a água, então, todo zelo é pouco. Até mesmo o gelo da caipirinha, da raspadinha e do suco se torna ameaçador, afinal a gente nunca sabe se aquele bar atraente e confortável à beira da praia está congelando água limpa e potável
* Atenção aos cuidados com a higiene – eles devem ser redobrados nos dias quentes, porque o calor e a umidade favorecem o crescimento de fungos e bactérias.
Lembre-se de lavar bem as mãos antes das refeições (dentro e fora de casa); antes e depois de ter usado o banheiro; quando chegar da rua – esta dica vale não só nos dias quentes, mas sempre; ao andar de transporte público, pegar em jornal, dinheiro, antes de preparar comida…
* Atenção ao que veste Use roupas de cor clara e tecidos leves que permitam que a transpiração seja evaporada e não fique retida no tecido.
* Evite a exposição direta ao sol nos dias de calor intenso. Vale disputar uma sombra, usar chapéus, bonés… qualquer coisa pra você não torrar debaixo desse sol escaldante.
* Não pratique exercícios físicos nas horas mais quentes; A temperatura alta provoca exaustão, pois há uma grande perda de água pela transpiração.
Mesmo se hidratando adequadamente, fica difícil repor o que foi gasto sem ficar com o corpo pesado.
Quanto à escolha da roupa, vale o básico antes de tudo: opte pelo que for mais confortável. Evite correr com roupas apertadas e escuras, que aumentam a temperatura do corpo e encurtam seu treino pelo cansaço
Atleta ou não é indispensável o uso do protetor solar.08/12/2012
Postar um comentário