26 de mar de 2013

Ser mãe solteira: saiba como criar os seus filhos sozinha


Mãe e pai ao mesmo tempo

Ser mãe solteira é... De madrugada, dá aquela dor de barriga no seu filho e ele grita por você, chorando. Você acorda, olha para o outro lado da sua cama de casal - que está vazio - e pensa: é muito difícil ser mãe solteira! Tudo que a mulher quer nessa hora é ter um companheiro para pegar o remédio, aconchegar o filho, levá-lo ao médico. Fazer tudo sozinha é complicado.

"Hoje, a maioria das mulheres é meio mãe solteira. O importante é ter diálogo com o filho em qualquer situação e ser feliz com ele", afirma a atriz Giovanna Antonelli, que tem a sorte de hoje ser amiga do pai de Pietro, Murilo Benício, e de tê-lo presente na criação do garoto.

Mesmo assim, nunca será uma situação ideal. Criar um filho com um parceiro já é um dos maiores desafios da vida. Sem ele, então, é trabalho dobrado! "O importante é enfrentar os problemas com carinho, amor e dedicação", afirma a psicóloga Laura Cavalcanti.

A culpa não é sua!
O principal é não se sentir culpada. "Não se cobra de uma mãe que ela seja pai. O pai tem o lugar dele, nem que seja uma cadeira vazia", diz Laura. Veja como encarar esse desafio, mas nunca se esqueça: filhos são bênçãos. Você tem muita sorte! 15/08/2012
Samuel o meu traquina
Como tempo passa outro dia ele era um bebezinho veja agora ele já brincando de areia que Deus proteja vc meu filho querido
Samuel hoje completando 2 anos e 4 meses de traquinagens, saúde e paz
{#}Meu pimpolho resfriado de novo ele fica meio chatinho quando tá doente ele estava chupando chupeta mais graças á Deus já parou com essa mania de chupetinha mais estou enfrentando é dilema toda vez que saio com meu filho na rua ele aprontar e me mata de vergonha não sei como fazer com isso ele está com dois anos e quatro meses e não quer me obedecer fico chateada com ele brigo com ele mais nãoa dianta a unica coisa que ele faz é abrir a boca pra chorar e se jogar no chão será que isso passa ou não outra coisa joga tudo pela na janela pra eu poder ir lá embaixo com ele pegar estou numas fases bem complicadada com ele e não sei com quer fazer como agir nessa situação as vezes choro porque não aguento tanta rebeldia dele. 11/08/2012
2 anos e 4 meses


Criança em crescimento

Crianças nesta fase têm mais controle sobre suas ações, mas nem sempre sobre suas emoções. É ainda normal que empurrem, gritem e façam muita birra. Por isso, seja realista quanto às suas expectativas e não se frustre se o comportamento do seu filho não for lá muito bom o tempo todo. As birras e pirraças são uma forma de a criança mostrar que está tão chateada que já nem consegue mais pensar direito.

Elogie sempre o bom comportamento e lembre-o de que quando conversa e diz o que quer os resultados são sempre melhores. Da sua parte, certifique-se também de que vem se comunicando direito com seu filho. Explique por que as regras são necessárias. Não diga simplesmente que não pode correr na rua sozinho, mas fale sobre os perigos de um carro sair de repente de uma garagem ou de uma moto cruzar um sinal vermelho.

• Saiba mais detalhes sobre o desenvolvimento nesta idade.

Sua vida: conciliando a maternidade com a carreira

Seu filho passa parte do dia em um berçário ou com uma babá enquanto você trabalha, mas você anda pensando que queria ter mais tempo com ele, agora que está maiorzinho e expressa melhor o quanto sente sua falta? Já considerou trabalhar em casa? Esse tipo de escolha requer uma boa dose de organização e disciplina, porém pode valer muito a pena para acompanhar mais de perto o crescimento das crianças.

É normal?

De repente a criança que até já conversava começa a falar como bebezinho de novo. Será que isso é assim mesmo ou pode indicar alguma regressão no desenvolvimento?

Dica de mãe para mãe

Uma leitora conta a dica que foi passada por sua dentista: quando a criança não quer de jeito nenhum escovar os dentes, compre uma escovinha para uma boneca ou bicho de pelúcia também e deixe-a praticar no brinquedo. Depois da brincadeira, diga então que é hora de seu filho ou filha escovar os próprios dentes.
Postar um comentário