26 de mar de 2013

Acne, um problema com solução!


Quem nunca sonhou com uma pele sem espinhas? Pois bem, a Farmacêutica e Química especialista em Cometologia Karoline Pellacani, dá dicas e indica produtos para acabar com a acne de uma vez por todas.

“Existem vários fatores que podem levar ao aparecimento da acne, porém os principais estão relacionados com a hereditariedade e com o desequilíbrio hormonal. Este último ocorre durante a puberdade em cerca de 80% dos adolescentes, e em mulheres com a síndrome do ovário policístico. Outros fatores envolvem o uso de certos medicamentos, cosméticos comedo gênicos e stress” diz Karoline.

A manutenção de uma pele bem higienizada é in dispensável à prevenção e controle da acne, causada principalmente por micro organismos chamados Propioniobacteium acnes. No entanto, é necessária uma avaliação de cada caso a fim de verificar se há a necessidade de intervenção médica e medicamentos.

É importante verificar alguns fatores na hora de comprar um produto para resolver o problema da pele acnéica, como:

- A seriedade da marca, pois os produtos destinados à acne exigem a realização de testes que garantem a eficácia e segurança do tratamento. Devem ser realizados sob a coordenação de dermato logistas.

- Resultados clínicos comprovados

- Indicação de pro fissionais (médicos, esteticistas, fisio terapeutas)

O que é acne?

A acne é uma doença de predisposição genética onde o seu surgimento depende da presença dos hormônios. Por isso, é na puberdade que começa as surgir a acne, pois essa é a fase em que estes hormônios começam a ser produzidos pelo organismo.

Ao contrário do que muita gente pensa, a doença não atinge apenas adolescentes, pode persistir na idade adulta e, até mesmo, surgir nesta fase, quadro mais frequente em mulheres.

As manifestadões de cravos e espinhas ocorrem devido ao aumento da secreção sebácea associada à obstrução da abertura do folículo pilo sebáceo, dando origem aos comedões abertos (cravos pretos) e fechados (cravos brancos). São essas condições que favorecem o aumento de micro organismos que provocam a inflamação característica das espinhas, sendo o Propionibacterium acnes o agente infeccioso mais comumente envolvido. Além disso, a dieta também pode ter influência no surgimento da acne, alimentos muito gordurosos devem ser evitados, pois contribuem para o aparecimento da acne.

Outros fatores que contribuem para o aparecimento das espinhas, é o período pré-menstrual, onde os hormônios ficam alterados e as maquiagens, que podem obstruir os poros e piorar o problema. É recomendado o uso de maquiagem oïl free.

Em que parte do corpo a doença se manifesta?

Ela se manifesta principalmente no rosto e no tronco, que são partes do corpo ricas em glândulas sebáceas.

As acnes são classificadas em graus de acordo com a intensidade da sua manifestação:

Acne Grau I: apenas cravos, sem lesões inflamatórias (espinhas).

Acne Grau II: cravos e "espinhas" pequenas, como pequenas lesões inflamadas e pontos amarelos de pus (pústulas).

Acne Grau III: cravos, "espinhas" pequenas e lesões maiores, mais profundas, dolorosas, avermelhadas e bem inflamadas (cistos).

Acne Grau IV: cravos, "espinhas" pequenas e grandes lesões císticas, comunicantes (acne congloba ta), com muita inflamação e aspecto desfigurante.

Nos casos de Grau I e II o tratamento pode ser feito com medicações locais, na qual o objetivo é à desobstrução dos folículos e o controle da proliferação bacteriana e da oleosidade.

Já os casos mais graves grau III e IV, pode ser usado também medicamentos via oral, vai depender da intensidade do quadro, geralmente antibióticos para controlar a infecção.

Acne nas diversas faixas etárias:

12 anos: Começam a ocorrer às alterações hormonais e, por isso há o surgimento de espinhas e cravos.

15 anos: Os hormônios estão à flor da pele, muitas alterações hormonais, mudanças no corpo e na pele, que tem uma oleosidade excessiva, por isso o aparecimento excessivo de cravos e espinhas.

20 anos: Nessa faixa etária, é comum a ocorrência de peles com graus de oleosidade e acne.

30 anos: A acne Rosácea é uma doença inflamatória crônica que afeta principalmente os adultos após os 30 anos de idade, sendo mais frequente nas mulheres. Ela se manifesta principalmente na parte central da face, que fica com a cor avermelhada.

45 anos: Nessa faixa etária a produção de hormônios diminui, a pele fica mais ressecada e desvitalizada, é raro o aparecimento de espinhas.

60 anos: Nessa faixa etária a pele se encontra em um estado comprometedor, ela se torna muito mais frágil e desidratada. As taxas hormonais estão bem baixas, por isso o surgimento de espinhas é quase nulo.

ANTI–ACNE E HIDRATAÇÃO PROFUNDA

É uma hidratação profunda que tem ação anti oxidante, cicatrizante, hidratante e estimulante da renovação celular.

Ótima para peles desidratadas, ressecadas e com muitas manchas de acne.

LIMPEZA DE PELE

A Limpeza de Pele consiste em uma higienização profunda da pele, contando com auxílio do peeling ultrassônico, vácuo, eletro forese e alta freqüência, interagindo a produtos com princípios ativos. Retira os cravos e espinhas, depois do processo a pele fica um pouco avermelhada e inchada, mas no próprio dia a vermelhidão desaparece e o inchaço também.

Segundo a médica dermato logista Dra. Marcella Decourt, sócia-diretora da Melo Decourt Clínica de Dermato logia, colaboradora do grupo de Alergia e Fototerapia da Santa Casa de São Paulo, Membro da Sociedade Brasileira de Dermato logia e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermato lógica, “a limpeza de pele é um hábito saudável e essencial, além de ser ótimo para a auto-estima”.

Para entender como a limpeza de pele é benéfica e como ela deve ser realizada de acordo com o tipo de pele, quais os melhores cosméticos para este momento, dentre outros aspectos que envolvem esse assunto, conversamos com a Dra. Marcella Decourt. Confira!

1) A pele exige cuidados diários, principalmente a do rosto. Como deve ser a limpeza para uma pele:

A higienização tem como finalidade a limpeza facial eficaz sem agredir ou ressecar a pele. As fórmulas devem ser balanceadas com ativos para cada tipo de pele, para remoção das impurezas e resíduos diversos. Pela manhã, para retirada do sebo e do suor acumulados durante o sono e, à noite, para limpeza dos poluentes depositados na pele ao longo do dia e da maquiagem. Em seguida, é necessário tonificar a pele, equilibrando seu pH e retirando os resíduos restantes.

A mulher que tem pele seca deve lavar o rosto com sabonete sem espuma ou aplicar leite de limpeza, seguido da aplicação de uma loção tônica com ativos hidratantes na formulação duas vezes ao dia, pela manhã e à noite.

Já as que apresentam pele mista, devem usar sabonete líquido com ativos hidratantes e astringentes, seguido da aplicação de uma loção tônica específica, duas vezes ao dia, pela manhã e à noite.

Na pele oleosa, orientamos a utilização de um sabonete com leve poder detergente, para uma limpeza mais profunda, seguido da aplicação de uma loção tônica com ativos astringentes na formulação, duas vezes ao dia, pela manhã e à noite.

2) Qual o melhor sabonete para a limpeza facial: líquido ou barra? Glicerinado ou cremoso? Por que?

Depende do tipo de pele. Peles secas pedem sabonetes líquidos sem detergente ou glicerinados. Em peles acnéicas e seborreicas pode ser usado em barra, gel ou líquido, com princípios ativos para controle da oleosidade. Indico o sabonete cremoso somente quando quero colocar uma medicação para acne e cravos, que só aceita esse tipo de veículo na formulação, pois não é muito prático.

3) A partir de qual idade deve-se iniciar a limpeza de pele com esteticista? Com qual freqüência deve ser feita?

Em adolescentes, por volta dos 12 e 13 anos, quando começam a aparecer os famosos comedões, ou cravos, e as espinhas. A freqüência varia de pele para pele, podendo ser realizada, aproximadamente, quatro vezes por ano, sendo. Após 30 dias da primeira limpeza, é indicada a realização de uma segunda limpeza para complementar e garantir um bom resultado e mais uma ou duas durante o ano para a manutenção da pele. É importante que da limpeza de pele seja feita com um pro fissional experiente. O melhor método para remoção dos comedões é o da extração manual.

4) Qual o melhor ativo para acalmar a pele durante a limpeza?

Existem vários produtos bons no mercado com esses ativos, como betaglucan, ácido glicirrízico, extrato de hortelã-pimenta, camomila e seus derivados, arnica e extrato de margarida (feverfew), dentre outros.

5) Quando e como deve ser feita a esfoliação facial?

A freqüência da esfoliação também deve ser definida de acordo com o tipo de pele:

Pele seca e mista: 1 vez por semana após a higienização.

Peles acne icas e oleosas: até duas vezes por semana, também após a higienização para a retirada das células mortas e maior penetração dos ativos dos cremes aplicados a seguir.

6) Para uma esfoliação mais natural, para ser feita em casa, pode-se usar açúcar e mel, aveia e mel? Quais os principais ativos dos cosméticos para esfoliação?

Não é indicado a esfoliação com produtos caseiros, pois eles podem agredir a pele. As partículas podem ser irregulares e machucar, principalmente, a pele fina e delicada do rosto.

Os esfoliantes podem ser químicos (loções abrasivas) ou físicos (microsferas de polietileno ou pós) e têm com objetivo a remoção das células mortas, desobstrução dos folículos pilosos (poros) e afinamento da camada córnea.

7) A esfoliação pode causar algum dano à pele? Em caso positivo, quais os erros que devemos evitar?

A esfoliação feita em excesso pode causar efeito rebote, ou seja, em vez de afinar a pele e fechar os poros, ativa as glândulas sebáceas e a pele acaba ficando mais oleosa e com os poros mais abertos. Se for feita com produtos caseiros, existe risco de ferir a pele. No caso de peles sensíveis ou mais morenas, a esfoliação errada poderá até causar manchas, pois é um processo que deixa a pele mais sensível e exposta aos efeitos da radiação solar.

8) Qual o melhor tratamento para uma pele com ‘milium’?

O melhor tratamento é a limpeza de pele feita por um pro fissional capacitado, seguida de uma aplicação de um peeling de ácido salicílico, com efeito secativo e bactericida, juntamente com o uso caseiro de produtos específicos prescritos pelo dermato logista.

9) Já lemos sobre os benefícios da vaporização para a limpeza de pele. O vapor realmente ajuda? Em caso positivo, como?

Sim, o vapor propor ciona a emoliência dos comedões e a dilatação dos poros, facilitando a extração. Pode ser feita também antes da esfoliação e hidratação faciais, pois o aquecimento provocado pela névoa de vapor quente leva a uma vaso dilatação e a uma melhor absorção de produtos nutritivos.
Postar um comentário